20 de maio de 2022   |   15:08  |  

booked.net

,

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Zequinha apresenta Plano de Ação de Combate a Covid-19 a representantes do Comércio

“Vamos agir em várias frentes para evitar que os casos voltem a crescer e esperamos contar com o apoio de todos os setores porque todos somos responsáveis por conter essa nova onda de Covid-19”, citou Zequinha.

_________________Publicidade_________________

Na desta terça-feira, 25, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, reuniu representantes do comércio, educação, saúde, segurança e outros setores da sociedade para apresentar o Plano de Ação de Combate ao Covid-19. No Boletim diário desta terça há 64 novos casos da doença no município.

Zequinha anunciou que a partir desta quarta-feira, 26, haverá fiscalização no comércio e outros espaços quanto ao uso de máscaras. E que órgãos públicos municipais só será possível o acesso mediante apresentação da Carteira de Vacinação contra a Covid-19. A exigência abrange os servidores e usuários de todas as secretarias, escolas, posto de saúde, centro administrativo, centro de atendimento ao cidadão e demais órgãos ou instituições municipais.

O gestor explicou ainda que o Posto do Agricultor, que funciona diariamente das 7 às 19h, é a referência para o tratamento de síndromes gripais onde haverá oferta de consultas, testes rápidos e medicação. A unidade permanecerá funcionando aos finais de semana.

Equipes para acelerar vacinação

Para acelerar a vacinação contra a Covid-19 a prefeitura, por meio da secretaria de saúde vai montar equipes de busca ativa para alcançar 11 mil pessoas que ainda precisam tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Com relação a imunização das crianças haverá 4 Unidades Básicas de Saúde como referência. A Geosete Coelho Mariano, no Bairro Cruzeirinho, a Adalberto Sena no Aeroporto Velho, a da 25 de agosto e a Jesuíno Lins no bairro do Alumínio.

“Vamos agir em várias frentes para evitar que os casos voltem a crescer e esperamos contar com o apoio de todos os setores porque todos somos responsáveis por conter essa nova onda de Covid-19”, citou Zequinha.

No Decreto que estabelece as medidas como obrigatoriedade da apresentação da Carteira nos espaços municipais, a prefeitura cita que “há vários precedentes das Cortes Superiores de Justiça do país, solidificando entendimento de que há exigência do comprovante de vacinação para ingresso em locais públicos não afronta qualquer dispositivo legal, pelo contrário, protege e resguarda a população.

A representante do governo do Estado na reunião, Raquel Batista, destacou que a gestão estadual está à disposição da prefeitura com relação à estrutura e o que for necessário. “Como sempre somos parceiros”, garantiu ela.

“A gente só quer que o comércio não feche de novo”

A representante da Indústria e do Comércio, Janaína Terças, garantiu na reunião, que os dois setores estão dispostos a se adequar às medidas para garantir que não seja necessário o fechamento do comércio. “A gente sabe que são necessárias adequações e estamos dispostos a fazer nossa parte e somar forças para frear essa onda e evitar um novo fechamento do comércio”, relata.

Quanto à apresentação da Carteira de Vacinação contra a Covid-19 para o acesso ao comércio ela acredita não haver necessidade mas defende a medida para o setor de serviços de festas. “No comércio a pessoa entra, compra e vai embora. Já em locais de eventos e festas onde há permanência e aproximação das pessoas, deveriam sim, pedir a apresentação da Carteira de Vacinação até para resguardar clientes e colaboradores”, concluiu.

Por Sandra Assunção

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS

AS ÚLTIMAS

top 10 mais lidas