Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Voluntários entregam kits de agasalhos e 50 sopas em primeira noite de friagem em Rio Branco

Grupo União Solidária entregou águas, sopa e roupas para pessoas em situação de rua nesta segunda-feira (28), após chegada de friagem.

_________________Publicidade_________________

Movidos pelas solidariedade, um grupo de voluntários fez a entrega de pelo menos 50 sopas, além de kits com agasalhos e água mineral para pessoas em situação de rua. A entrega ocorreu em três pontos diferentes do Centro de Rio Branco, na noite dessa segunda-feira (28), primeira noite da friagem mais forte registrada neste ano.

O frio deve se estender por pelo menos três dias no Acre com temperaturas abaixo dos 20 ºC, e os voluntários do Grupo União Solidária lançaram uma campanha para arrecadar agasalhos para pessoas em situação de rua. A entrega ocorreu no Mercado Elias Mansour, Pronto Socorro e Mercado do Bosque.

“A gente conseguiu entrar em torno de 50 sopas porque tem um custo mais alto e com a arrecadação deu para fazer essa quantidade nesse primeiro momento. Também entregamos quatro fardos de água e kits com roupa e alguns agasalhos que conseguimos arrecadar”, contou coordenador do grupo, Kaisson Moreira.

Inicialmente, a entrega seria feita nesta terça (29), mas, devido ao forte frio que atingiu a capital acreana na segunda, os voluntários anteciparam a ação.

“Hoje queremos fazer pão com mortadela e presunto que rende mais e café com leite para ter a parte quente. Hoje, pretendemos levar mais ainda. Frio é dolorido e para quem fica na rua é ainda pior, então a gente acaba se emocionando com alguns relatos, em ver a alegria das pessoas quando recebem. E nosso trabalho é esse e quando a gente mostra, consegue ajudar mais pessoas”, pontuou.

Sopa foi entregue em três pontos em Rio Branco — Foto: Arquivo/União Solidária

Sopa foi entregue em três pontos em Rio Branco — Foto: Arquivo/União Solidária

Frio intenso

O meteorologista Alejandro Fonseca explicou ao G1 nessa segunda que a friagem deve deixar as temperaturas inferiores a 20° C pelo menos até a quarta (30) e a máxima em torno de 28°C. O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) informou que esta é a mais forte do ano e deve provocar as temperaturas mais baixas de 2021 no estado.

Com essas previsões, o grupo União Solidária começou a se mobilizar ainda no fim de semana com postagens nas redes sociais e em um aplicativo de mensagem pedindo arrecadações para ajudar as pessoas carentes com roupas e comida.

“Pedimos doações de roupas, comidas ou o valor para a gente comprar um café, chocolate em pó, uma sopa. Tem que entregar algo quente para esquentar. Vamos nos bairros, também próximo do pronto-socorro e também lá dentro para entregar para os trabalhadores. Vamos onde tem gente precisando”, explicou.

Moreira acrescentou também que a ideia é atender até 200 pessoas durante a friagem. “Sempre fazemos entre 100 a 200 marmitas porque a pessoa nunca pega só uma, sempre leva para mais alguém. A questão da roupa, o que for conseguindo arrecadar entregamos também”, concluiu.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas