Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Vítima de ataque de abelhas em Mâncio Lima desmente comentários de que dono de comércio não a ajudou

_________________Publicidade_________________

Tudo indicava para mais um dia tranquilo no município de Mâncio Lima, especialmente no centro da cidade, se não fosse o ataque de abelhas italianas ocorrido na manhã desta sexta-feira, 30, na Praça São Sebastião.

Os insetos, por algum motivo atacaram todos que estavam no local, desde ambulantes à donos de estabelecimentos comerciais próximos. Algumas pessoas tiveram que procurar o Hospital da cidade.

Mas uma imagem de câmera de um comércio chamou a atenção. Enquanto uma mulher se contorcia de dor, tendo muitas abelhas ferrando principalmente a sua cabeça, um comerciante estava do lado de dentro da loja, conversando com a mesma do lado de fora. Na primeira impressão, deu a entender que o empresário não apoiou a vítima das abelhas. Então o caso tomou muita repercussão, sendo que nas redes sociais e até em sites, questionava-se a atitude de não ter deixado a mulher entrar. Em vídeo, ela nega que não tenha recebido ajuda.”Quando eu passei na feira, eu ia pegar um remédio, comecei a sentir um negócio na minha cabeça. Aí veio um monte de abelhas e eu saí gritando socorro. Aí quando eu cheguei no supermercado ele veio socorrer agente. Trouxe dois vidros de veneno e começou a passar em nós, foi quando elas começaram a morrer. Foi ele (Ademar) que deu ajuda pra nós. Se não fosse ele.. E ele não podia abrir porque tinha mais de 100 abelhas em cima de mim. E ele não podia abrir o comércio, pois lá também estaca cheio de gente. Mas ele socorreu
agente sim. Agente está aqui pra esclarecer e essa pessoa que está contando essa conversa ao contrário, que ela seja desmentida, porque ela está mentindo”, afirmou.

As imagens de câmeras Real.ente mostram o empresário ocorrendo as vítimas, colocando uma espécie de inseticida na cabeça de uma mulher.

Em nota, o dono da Empresa Novo Mix, Ademar Santos, nega que não tenha prestado socorto a vítima. Ele também lamenta a dimensão que o assunto tomou, devido comentários sem consistência e com julgamentos feitos através das redes sociais.

Confira a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Empresa Novo Mix, por seu proprietário Ademar Santos, vem a público se manifestar quanto ao evento ocorrido na manhã desta sexta feira (30/07), no Município de Mâncio Lima.

Ao noticiarem o ataque de abelhas ocorrido nesta cidade, a foto do empresário fechando a porta de seu comércio passou a estampar nos veículos de imprensa e nas redes sociais. A partir de então, o empresário vem sendo alvo de críticas e comentários depreciativos por parte dos moradores da cidade, sob o argumento de que não prestou socorro à vítima.

Diante disso, vem esclarecer que fechou a porta a fim de resguardar clientes e funcionários, inclusive crianças, que estavam dentro do estabelecimento.

Em contrapartida, agiu imediatamente pedindo para que seu funcionário buscasse veneno a fim de ajudar a senhora que ficou ao lado de fora da loja, quando, então, foi devidamente socorrida, conforme imagens da câmera de segurança divulgadas posteriormente no site Mâncio Lima em foco.

Portanto, ao contrário do que vem sendo veiculado nas redes sociais, o empresário prestou o devido auxílio às vítimas, impedindo que o pior ocorresse.

Atenciosamente,

Ademar Santos.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas