Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Visita a túmulos de vítimas da Covid-19 será liberada no Dia de Finados em Cruzeiro do Sul

_________________Publicidade_________________

A visita a túmulos de pessoas vítimas de Covid-19 estará  liberada no Dia de Finados no Cemitério Jardim da Paz, localizado em Cruzeiro do Sul. Mas por enquanto, a construção de túmulos na ala onde há 260 mortos por Covid-19 não está permitida ainda.

Nos locais onde estão os mortos, foi permitido aos familiares  apenas a colocação de uma cruz e de cerca de madeira, mas nada em concreto, como túmulos e jazigos, pode ser feito ainda.

O responsável pelo cemitério Jardim da Paz, João Auricelio Monteiro de Lima, disse que limpeza e manutenção desses espaços, bem como a visitação no Dia de Finados, estão liberadas. Ele cita que a medida é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.

“No ano passado, ainda tinha umas restrições, mas este ano está permitido e os parentes já estão fazendo essa manutenção na ala Covid-19, onde poderão estar também no Dia de Finados. Quando a Anvisa permitir, nós vamos liberar aqui também a construção de túmulos”, esclareceu.

Cruzeiro do Sul tem 13 cemitérios

O município de Cruzeiro do Sul tem 13 cemitérios, sendo 3 no perímetro urbano. A secretaria de Meio Ambiente realiza mutirão de limpeza nos locais.

“Com a iluminação e limpeza já está tudo certo, bem como a caiação das sepulturas”, relata o secretário de Meio Ambiente, Igor Neves.

Missa na capela

A revitalização do Cemitério Jardim da Paz vai permitir uma novidade na programação deste ano na próxima terça-  feira, dia 2.

“A novidade é que após 15 anos, tendo em vista a revitalização do cemitério, esse ano a missa vai ocorrer no interior da capela. Nos anos anteriores fazia-se debaixo de uma tenda armada”, conta.

Por Sandra Assunção

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas