Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Viaduto da Corrente no Acre só deverá ser entregue em 2023

_________________Publicidade_________________

Foi apresentado nessa terça-feira, 14, o anteprojeto do primeiro viaduto a ser entregue pelo estado na Corrente, que será construído em Rio Branco. Para o governador Gladson Cameli, será um marco na mobilidade urbana da capital acreana, localizada na interseção das rodovias BR-364 e AC-40.

A ideia é acabar com necessidade de uma rotatória, responsável por grandes congestionamentos ao longo das pistas em horários de pico, assegurando melhoria na fluidez do trânsito em uma região com alto tráfego de veículos leves e pesados.

Elaborado pelo Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre), o anteprojeto será doado ao Dnit, que será o financiador e executará a obra, orçada em R$ 65 milhões. A previsão é que a estrutura seja construída em 2022 e inaugurada somente no ano seguinte.

Segundo os gestores envolvidos, a escolha da Corrente foi pelo fato de que naquele local se encontram duas rodovias, na entrada da nossa capital. “O fluxo de veículos é muito grande naquela região, principalmente dos que chegam ao estado e seguem pela BR-364 até o Juruá, e também pela AC-40, que dá acesso a BR-317, a Estrada do Pacífico. Mostramos para o diretor-geral do Dnit a importância dessa obra e também nos colocamos à disposição para ajudar naquilo que for possível”, contaram à Agência de Notícias do Acre

O presidente do Deracre, Petrônio Antunes, a reunião foi necessária para que o anteprojeto seja analisado de maneira técnica. “A próxima etapa será a discussão da concepção desse viaduto para que possamos definir um projeto concreto e iniciar logo essa obra, que será muito importante para a população”, declarou.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas