Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Verão amazônico: tempo seco e baixa umidade podem contribuir para crises de rinite e sinusite

_________________Publicidade_________________

Todos os anos os acreanos passam pelo verão amazônico, período do ano caracterizado por altas temperaturas, tempo seco e baixa umidade relativa do ar. Esse período do ano pode ser marcado por crises de rinite e sinusite. Você sabe como evitar passar por essas situações?

O médico alergista Guilherme Pulici explica que há vários tipos de rinite como a infecciosa, e alérgica, entre outras; e por isso, os cuidados dependem da causa. “Nós podemos ter rinite e sinusite infecciosa, então os cuidados são evitar infecções e cuidar da alimentação e imunidade. Quando falamos de rinites alérgicas, é certo evitar os alérgenos, substâncias que podem causar alergias, ácaros, fungos, pelos de animais e etc”

Rinite

É uma inflamação da mucosa que reveste os seios da face e da cavidade nasal, de acordo com as informações do Hospital Otorrino de Brasília. A rinite é caracterizada por sintomas como espirros, coceira, obstrução nasal e coriza e pode durar poucos minutos ou vários dias.

Sinusite

É uma inflamação que afeta a mucosa da região craniana formada por cavidades próximas ao nariz, olhos e bochechas, segundo o Hospital Otorrino de Brasília, a sinusite pode ser classificada como aguda, quando os sintomas se manifestam por menos de três meses e crônica, quando passa esse tempo.

Via – Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas