Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Vagner Sales é escolhido por emedebistas do Juruá para definir aliança com Gladson ou escolher candidatura alternativa

_________________Publicidade_________________

O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales, vai comandar o processo de diálogo com o governador Gladson Cameli para decidir se o partido vai apoiar a reeleição dele ao governo em 2022 ou se vai buscar uma nova alternativa. O martelo foi batido no último final de semana por dirigentes partidários do MDB.

Vagner Sales, que é o vice-presidente da sigla no Acre e forte liderança no Vale do Juruá, tem ao seu lado a esposa, deputada estadual Antonia Sales e a filha, a deputada federal Jéssica Sales. Sem contar sua liderança política, a força da família Sales o credencia ainda mais para essa abertura com Gladson Cameli.

Fontes emedebistas dizem que durante a reunião do diretório no Vale do Juruá, os membros da sigla reclamaram do distanciamento do partido com o Palácio Rio Branco. Dizem que foram deixados de lado após as eleições. A conversa entre Vagner Sales e Gladson Cameli, que deve ocorrer ainda esta semana, vai ser decisiva para a executiva do MDB no Juruá.

O Notícias da Hora entrou em contato com o ex-prefeito Vagner Sales, que confirmou o teor da reunião da executiva. Ele frisou que o MDB entende “que já tivemos grandes prejuízos com isso [distanciamento]. Não fomos reconhecidos pelo trabalho que nós prestamos ao governo na eleição dele. Não existe, ninguém do MDB, aqui no Vale do Juruá, que faça parte do governo, mesmo assim o partido entende que se tem que se buscar um candidato” para 2022.

LEAO2

Via: Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas