Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Vacinas da Pfizer e Moderna são ‘altamente eficazes’ no controle da Covid após 1ª dose, aponta estudo do CDC

_________________Publicidade_________________

Segundo análise de dados de vacinação de profissionais da linha de frente pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA, o risco de infecção caiu 80% após a primeira dose.

As vacinas da Pfizer/BioNTech e Moderna se mostraram “altamente eficazes” no controle da Covid-19 logo após a aplicação da primeira dose, segundo um estudo publicado nesta segunda-feira (29) pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

Os pesquisadores do principal órgão de saúde norte-americano analisaram os dados de vacinação dos profissionais da linha de frente, e concluíram que em condições “de vida real”, o risco de infecção caiu 80% após a primeira dose.

A análise preliminar aponta também que a efetividade da vacina na proteção contra a infecção pelo coronavírus chega a 90% quando as duas doses foram aplicadas.

Resumo do estudo:

  • 3.950 pessoas se voluntariaram, nenhuma delas tinha histórico de infecção pelo Sars-Cov-2
  • 2.479 (62,8%) receberam duas doses da vacina do tipo mRNA (genética)
  • 477 (12,1%) receberam apenas uma dose de vacina do tipo mRNA
  • Todo o estudo acompanhou 13 semanas de vacinação (dezembro – março)
  • O diagnóstico das infecções foi feito por meio do teste RT-PCR

“Este estudo mostra que nossos esforços para uma vacinação nacional estão funcionando”, disse em nota a diretora do CDC, Rochelle Walensky.

Infográfico mostra como funciona uma vacina genética — Foto: Arte G1

Infográfico mostra como funciona uma vacina genética — Foto: Arte G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas