Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Unacon realiza atividade em alusão ao Outubro Rosa

_________________Publicidade_________________

Com o objetivo de acolher as mulheres em tratamento oncológico, o Serviço de Radioterapia do Acre, da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), realizou na terça-feira, 19, um momento de diálogo para pacientes e funcionários do hospital, o objetivo foi debater sobre a importância de prevenção ao câncer de mama.

“Nós estamos de portas abertas, com o nosso coração cheio de amor e acolhimento, para darmos àquelas pessoas que necessitam do tratamento oncológico, precisamos olhar para esse público com amor, pois são pessoas que estão frágeis e sensíveis”, destacou a gerente administrativa da Unacon Nilciany Vilaço.

A secretária de Estado de Saúde no Acre, Paula Mariano, esteve presente no evento, e na oportunidade enfatizou sobre os cuidados que a mulher precisar ter quanto aos métodos preventivos de câncer de mama.

O objetivo foi debater sobre a importância de prevenção ao câncer de mama. Foto: Danna Anute/Fundhacre

“Este mês é só para acender um pouquinho nossa luz, pois devemos lembrar que precisamos ter esse cuidado durante todo o ano, é necessário que cada mulher faça uma autoanálise, por meio do toque, e procure um tratamento o quanto antes”, frisou.

A diretora de Assistência Médica, da Fundação Hospital do Acre (Fundhacre), Sophia Trovão, destacou a necessidade de ações integradas que possam desenvolver não somente no mês de outubro. “É uma importante data, que nos faz refletir que a nossa saúde precisa estar em dia não somente em um mês, mas precisa ser um cuidado que já faça parte da nossa rotina”, afirma.

A Unacon funciona de segunda à sexta de 8h às 17h. Foto: Danna Anute/Fundhacre

A Unidade de Alta Complexidade em Oncologia, funciona de segunda a sexta em horários comerciais, de 8h às 17h sem intervalo para o almoço, e oferece os serviços de consulta, radioterapia, quimioterapia, psicologia e fisioterapia.

“O paciente precisa dar entrada com o exame de biópsia, comprovante de endereço, e todos os documentos, em seguida ele passa por uma triagem oncológica para saber qual o tratamento que irá fazer”, destaca gerente-geral da Unacon, Kelcineia Souza.

Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute
Foto: Danna Anute

Por SECOM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas