18 de maio de 2022   |   23:46  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Último sobrevivente de acidente aéreo é resgatado pelo Ciopaer e Corpo de Bombeiros; ASSISTA

Após imobilizado, o mecânico foi encaminhado ao 6º Batalhão de Polícia Militar do Acre em Cruzeiro do Sul/AC. Às 15:30h uma viatura do Serviço Móvel de Urgência (SAMU) o levou ao Hospital do Juruá. 

_________________Publicidade_________________

Redação Juruá Online

Na tarde desta segunda-feira (9), o trabalho de resgate de sobreviventes da queda do helicóptero PT-HQB chegou ao fim. Após mais de 24h do acidente, uma equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) da PM do Acre e do Corpo de Bombeiros de Cruzeiro do Sul resgataram o último tripulante do helicóptero que caiu ontem numa área de mata fechada a 3,6km das margens do Rio Crôa. 

Figueiredo sentia fortes dores na lombar desde a queda da aeronave e não conseguia se locomover sozinho. O resgate veio hoje com o helicóptero do Ciopaer, proveniente de Rio Branco. Civis voluntários e militares abriram uma clareira na mata para o pouso seguro da aeronave no local, que chegou às 14h. Após imobilizado, o mecânico foi encaminhado ao 6º Batalhão de Polícia Militar do Acre em Cruzeiro do Sul/AC. Às 15:30h uma viatura do Serviço Móvel de Urgência (SAMU) o levou ao Hospital do Juruá. 

A mesma aeronave retornou à clareira aberta para buscar os militares e bombeiros que trabalharam no resgate. 

Avião chega ao ao 6º Batalhão de Polícia Militar do Acre em Cruzeiro do Sul/AC às 15:30h.
Mecânico é imobilizado. Arquivo Pessoal.
Tenente Coronel, Wilson Pereira Santos, comandante do 61° BIS e equipe do Corpo de Bombeiros. Arquivo pessoal.
Equipe de resgate. Arquivo pessoal.

RESUMO DO OCORRIDO

Na tarde do último domingo (8), por volta de 14:30h, as autoridades foram notificadas que um helicóptero a serviço do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), órgão ligado ao Ministério da Saúde, realizou um pouso forçado e caiu numa região de mata fechada a cerca de 3,6km do Rio Crôa, a 20 km de Cruzeiro do Sul. O episódio ocorreu quando a aeronave voltava do resgate de duas crianças indígenas com pneumonia, da aldeia Kulina, nas proximidades de Feijó, no Alto Rio Envira.

Leia Mais em: Acidente aéreo no Crôa: O que se sabe da queda do helicóptero até o momento.

Piloto, mecânico, técnico de enfermagem, pai, mãe e seus dois filhos (gêmeas de 1 ano e 4 meses cada) estavam à bordo da aeronave, totalizando 7 tripulantes. Todos sobreviveram. 

O piloto e o técnico de enfermagem conseguiram caminhar por 3,6 quilômetros até chegar a casas de ribeirinhos, no Rio Croa, onde pediram ajuda e foram levados de barco até a BR-364, a cerca de 20 quilômetros de Cruzeiro do Sul. Em seguida, foram transportados por um taxista até o Hospital do Juruá em Cruzeiro do Sul.

Com a localização, uma equipe do Corpo de Bombeiros seguiu para o local da queda, e fez o resgate dos demais ocupantes ainda na madrugada de segunda-feira (8), com exceção do mecânico, que com fortes dores na lombar, não conseguia caminhar. Ele foi resgatado hoje às 14h.

Redação Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS