17 de maio de 2022   |   19:09  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Turismo local em Cruzeiro do Sul poderá receber Selo Verde e atrair mais visitantes estrangeiros

Com o Selo Verde, o mais atraído será o turista europeu, principalmente.

_________________Publicidade_________________

Redação Juruá Online

A prefeitura de Cruzeiro do Sul foi sede nessa terça-feira (12) de um encontro com diversas instituições. Entre elas, a Federação das Indústrias do Acre, Federação do Comércio, Sebrae, Secretaria de Turismo, entre outras. Também esteve presente o alemão Hans Peter, que faz parte do Instituto Educacional da Economia Bávara da Alemanha – BBW, uma espécie de Senac daquele país.

Ele é consultor do Programa de Desenvolvimento Econômico Local DEL Turismo, a partir do qual Cruzeiro do Sul poderá receber o Selo Verde, que certifica municípios que desenvolvem o turismo sustentável, responsável e de base comunitária.

Cruzeiro do Sul já atrai o etnoturismo, o turismo religioso e de vivência da ayahuasca nas Terras Indígenas e comunidades rurais e ribeirinhas, como o Rio Crôa, Serra do Divisor e muitos outros locais.

Com o Selo Verde, o mais atraído será o turista europeu, principalmente. O prefeito, Zequinha Lima, destacou a visita do alemão, como também as possibilidades que poderão ser alcançadas em termos de turismo na região.

“Para nós é uma honra recebê-lo em nosso município. Pois temos dado um destaque importante na área de turismo na nossa cidade. Criamos uma secretária autônoma para desenvolver esse trabalho. Para respeitarmos a natureza e os povos indígenas — recebendo os turistas e mostrando as belezas naturais da região”, disse o prefeito.

Hans Peter (João Pedro, traduzido do alemão) disse que, perante toda a riqueza existente na região, vem a Cruzeiro do Sul para ajudar no que as pessoas já sabem fazer, mas de forma diferente.

“Venho aqui para ajudar no que já sabem fazer, apenas alguns direcionamentos, pois acredito que já exista muito conhecimento. A minha experiência é que que quando você está dentro, não consegue enxergar um todo. Então muitas vezes esse olhar de fora pode alavancar muitos benefícios”.

O alemão explica que é necessário lidar com o turismo como uma empresa, com vários setores, assim criando outras dinâmicas no crescimento através do turismo.

A coordenadora da Fieac em Cruzeiro do Sul, Janaína Terças, ressaltou a importância da região do Juruá em se preparar para receber o Selo Verde do Turismo:

“O Del Turismo é um programa que já existe no Brasil, vários estados estão sendo contemplados, recebem um selo verde até de base comunitária, de vivência, que é o que nós temos aqui na região do Juruá”.

O presidente da Federação do Comércio no Acre, João Bosco, reforça a importância da organização do setor, reconhecendo as demandas de quem trabalha com o turismo em Cruzeiro do Sul e propondo soluções para melhorar cada vez mais essa atividade, que gera emprego e renda para as pessoas, especialmente agora no pós-pandemia.

Hans Peter recebeu alguns presentes regionais, como biscoito de goma, farinha de Cruzeiro do Sul e ainda uma camisa confeccionada por uma malharia da cidade com imagens da Serra do Divisor. Além de visitar a prefeitura de Cruzeiro do Sul, que pretende aderir ao Del Turismo, Hans Peter, juntamente com os parceiros, visitou a Casa do Artesão, Catedral Nossa Senhora da Glória, Museu do Fórum, Casa do Bispo e o Rio Crôa – local muito procurado por turistas.

(Presentes regionais)

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS