7 de agosto de 2022   |   22:45  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Três comparsas de Zé Luís são presos durante operação e duas armas de fogo apreendidas em Cruzeiro do Sul

De acordo com a polícia, uma equipe médica do SAMU foi acionada, mas Zé Luiz não resistiu aos ferimentos e morreu.  Outros três comparsas foram presos e conduzidos à delegacia.

_________________Publicidade_________________

Redação Juruá Online

Na tarde da última quinta-feira (28), em Cruzeiro do Sul, as forças de Segurança Pública, através de uma ação integrada realizaram uma operação para capturar um foragido da justiça, conhecido como Zé Luiz, um dos líderes de uma organização criminosa no estado do Acre.

 Após informações de que o foragido estava acampado em região da zona rural do município, as forças policiais se deslocaram até o local, onde foram surpreendidos por um grupo armado que entrou em confronto, ocasião em que Zé Luiz foi atingido.

De acordo com a polícia, uma equipe médica do SAMU foi acionada, mas Zé Luiz não resistiu aos ferimentos e morreu.  Outros três comparsas foram presos e conduzidos à delegacia.

Durante a manhã desta sexta-feira (29), as forças policiais atuantes em Cruzeiro do Sul estiveram em coletiva à imprensa, esclarecendo o acontecimento no programa Bom dia Juruá, com apresentação de Alexandre Gomes.

O Comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar, Tenente Coronel Edvan Rogério, explicou que o trabalho de inteligência da polícia obteve a informação de que o foragido da justiça, Zé Luiz, estava acampado em região da zona rural, BR-364, Ramal III. O mesmo vinha praticando crimes na região do Juruá e as forças de segurança estavam atuando na intenção de prendê-lo.

Segundo o delegado de Polícia Civil do estado, Vinícius Almeida, Zé Luiz estava foragido da justiça desde julho de 2019, quando aproveitou o momento em que participaria de uma audiência no fórum para fugir do sistema.

“A Polícia Civil, de forma integrada com a Polícia Federal e Polícia Militar, começou as investigações no sentido de localizar esse cidadão. Diga-se de passagem, era um cidadão de altíssima periculosidade, cometeu diversos crimes aqui pela região. Não é intenção das forças de segurança pública, ferir de forma fatal qualquer pessoa que seja, por pior que seja esse cidadão. Mas infelizmente, nessa situação específica as forças de segurança pública não tiveram alternativas senão revidar a injusta agressão desse cidadão, vindo a causar o óbito do mesmo”, explicou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, Zé Luiz e seus comparsas estavam acampados na zona rural, de onde planejavam os crimes que seriam cometidos na região. Três pessoas foram presas e duas armas de fogo apreendidas.

O diretor da Cúpula de Segurança da Polícia Civil do Acre afirmou que o foragido era uma pessoa procurada há bastante tempo e vinha sendo monitorado por ser uma das lideranças de organização criminosa no estado.

“A gente tinha uma dedicação muito grande para conseguir localizá-lo e prendê-lo. Infelizmente reagiu e veio a óbito. Outras três pessoas do grupo dele estavam com mandados em aberto, então já haviam praticado diversos crimes. Essas pessoas não reagiram e foram presas e conduzidas à delegacia”, pontuou o diretor.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS