Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Trecho da BR-317 que rompeu é liberado para passagem de veículos pequenos no AC

_________________Publicidade_________________

Tráfego na BR-317 foi liberado para veículo leves na tarde desta segunda-feira (22) — Foto: Reprodução

Tráfego na BR-317 foi liberado para veículo leves na tarde desta segunda-feira (22) — Foto: Reprodução

O trecho da BR-317, na altura do km 264, a 28 km da cidade de Epitaciolândia, no interior do Acre, foi liberado parcialmente para a passagem de veículos pequenos, no início da tarde desta segunda-feira (22), segundo informou o Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O fluxo de veículos foi interrompido no local após um  rompimento da via por conta da forte chuva no domingo (21), e deixou pelo menos três cidades do interior do estado isoladas na região do Alto Acre: Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil. Uma equipe do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) está no local fazendo os reparos.

A PRF informou que a liberação ocorreu após a chuva cessar no local, mas só veículos leves podem fazer a travessia. Os trabalhos continuam e a equipe aguarda a chegada de pedras que devem ser assentadas para garantir a sustentabilidade necessária e o trânsito ser liberado completamente.

A estrada rompeu depois que a tubulação de escoamento do Igarapé Monte Santo não suportou o volume de água durante a forte chuva que atingiu o local nesse domingo (21).

No início da manhã desta segunda, o superintendente do Dnit no Acre, Carlos Moraes, informou que por volta das 10h40 chegou a ter uma breve liberação do trânsito no trecho comprometido, após um trabalho de recomposição da plataforma. No entanto, devido ao retorno da chuva, o fluxo foi novamente interrompido uma hora depois da liberação.

Além do Dnit, também está no local uma equipe da Polícia Rodoviária Federal para fazer a sinalização e garantir a segurança no trecho

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas