Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Tráfego na BR-364 volta a ser interditado por moradores do Juruá

Na quarta-feira, 1, a estrada também ficou fechada durante 12 horas, mas pelos indígenas da etnia Katukina, em protesto pela votação do Marco Temporal pelo Superior Tribunal Federal em Brasília.

_________________Publicidade_________________

Moradores do Ramal do Zé Alves, situado na BR-364, próximo à Vila Lagoinha, a cerca de 35 quilômetros de Cruzeiro do Sul, fecharam a rodovia nesta sexta-feira (3). A interrupção do tráfego de veículos ocorre em protesto por melhores condições do ramal e das pontes.

Os manifestante usam pedaços de árvores e afirmam que o protesto é pacífico, com objetivo de chamar atenção das autoridades para as necessidades da comunidade. Uma fila de carros já se forma nos dois sentidos da rodovia federal.

O diretor do Deracre de Cruzeiro do Sul, Luciano Oliveira, disse que está se dirigindo para o local para conversar com a comunidade do Ramal do Zé Alves. Ele adiantou que a recuperação dessa via vicinal está prevista para os próximos 10 dias.

“Nós já melhoramos e abrimos mais de 500 quilômetros de ramal e seguimos com o serviço. Temos 4 equipes de ramal e muito ainda para fazer. Sabemos da necessidade dos agricultores e só  pedimos um pouco de paciência”, relatou.

Na quarta-feira, 1, a estrada também ficou fechada durante 12 horas, mas pelos indígenas da etnia Katukina, em protesto pela votação do Marco Temporal pelo Superior Tribunal Federal em Brasília. Eles poderão voltar a fechar a rodovia na próxima semana, durante a votação, marcada para quarta-feira.

Por Sandra Assunção

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas