Ruas são tomadas de sangue em Mianmar e ONU teme ‘crimes contra a humanidade’

O derramamento de sangue continua em Mianmar após mais um dia violento. Na quinta-feira (11), pelo menos 12 pessoas foram mortas pela junta do governo, de acordo com um grupo de observadores. A ação levou um alto funcionário da ONU a dizer que a repressão em protestos pacíficos “provavelmente cumpre o limite legal para crimes contra a humanidade”. …

Ruas são tomadas de sangue em Mianmar e ONU teme ‘crimes contra a humanidade’ Leia mais »