Febre amarela pode ter sido a causa da morte de macacos no Acre, dizem pesquisadores

A Sociedade Brasileira de Primatologia veio a público, por meio de nota, esclarecer que não há evidências de que macacos da espécie guariba, encontrados agonizando em Plácido de Castro, no interior do Acre, estivessem contaminados com o coronavírus. No documento, publicado na manhã desta terça-feira (16), a entidade diz trabalhar com a hipótese inicial de …

Febre amarela pode ter sido a causa da morte de macacos no Acre, dizem pesquisadores Leia mais »