Jovem supera 2,18 m após cinco anos e diz que teve depressão por falta de diagnóstico: ‘Ouvi que poderia dormir e não acordar’

Já são cinco anos sem um diagnóstico preciso sobre a doença que faz o baiano Rodrigo Santos Mota crescer acima do normal. Morador da cidade de Ipiaú, no sul da Bahia, o jovem de 22 anos superou os 2,18 m de altura que tinha em 2016 e hoje acredita já ter atingido 2,23 m. Apesar …

Jovem supera 2,18 m após cinco anos e diz que teve depressão por falta de diagnóstico: ‘Ouvi que poderia dormir e não acordar’ Leia mais »