Marco Aurélio critica liberação de cultos e diz: ‘Reze-se em casa’

Ministro do STF disse esperar que decisão seja submetida ao plenário da Corte “urgentemente”