Com horários de trabalho excessivos, funcionários da Amazon urinam em garrafas

Varejista admite problema, mas não pede desculpas para os trabalhadores — e supõe que apenas os motoristas passam por essa situação