Kalil diz que vai cumprir ordem de abrir igrejas, mas que vai recorrer ao STF

Prefeito recuou da decisão que contrariava liminar assinada pelo ministro Nunes Marques, do STF