Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Suspeito de manter motorista de aplicativo refém durante assalto é morto a pauladas por moradores em Rio Branco

_________________Publicidade_________________

Bruno Bittencourt mantinha um motorista de aplicativo refém quando moradores reagiram e espancaram o suspeito até a morte. Segundo a polícia, esses moradores seriam de uma facção do bairro. Crime ocorreu na tarde desta sexta (4) no bairro Recanto dos Buritis.

Um assalto com refém acabou com um dos suspeitos morto na tarde desta sexta-feira (4) na Rua Anderson Alves, bairro Recanto do Buritis, em Rio Branco. Um homem identificado como Bruno Bittencourt foi assassinado a pauladas e tijoladas por moradores da localidade.

Segundo a polícia, esses moradores seriam de uma facção que atua na região, que presenciaram o assalto reagiram.

O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) explicou que um motorista de aplicativo, de 51 anos, foi abordado por três homens no bairro Dom Giocondo. A vítima foi rendida pelo trio e obrigada a dirigir por alguns bairros da capital acreana enquanto os criminosos praticavam assaltos e arrastões.

Os criminosos teriam ainda obrigado o motorista a levá-los até a casa dele para roubar seus pertences. Ao chegar no bairro Recanto dos Buritis, dois dos criminosos entraram na residência e Bruno Bittencourt ficou no carro com o motorista.

Ainda segundo a polícia, a vítima do assalto reagiu e entrou em luta corporal com Bittencourt, que efetuou dois disparos de arma de fogo. Um dos tiros atingiu o motorista no rosto.

Os moradores, ao perceberem a movimentação, foram até o veículo e puxaram o suspeito de dentro do carro. A partir de então, Bittencourt foi linchado até a morte.

Moradores se dispensaram antes da chegada da polícia no bairro Recanto dos Buritis — Foto: Reprodução/Ithamar Souza

Moradores se dispensaram antes da chegada da polícia no bairro Recanto dos Buritis — Foto: Reprodução/Ithamar Souza

Os outros dois assaltantes que estavam na casa do motorista de aplicativo fugiram quando viram a reação da população. A dupla ainda conseguiu levar o aparelho celular da vítima.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e levou o motorista para o pronto-socorro. Já Bruno Bittencourt morreu antes de o socorro médico chegar no local.

Equipes das polícias Militar, Civil e a da perícia estiveram na localidade da ação criminosa e isolaram a área. A polícia disse que, até o momento, não foram identificados os moradores envolvidos na morte do assaltante. O corpo do rapaz foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

Por G1 ACRE

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas