Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Socorro afirma que era vista como petista na última eleição mesmo sendo atacada pelo PT

_________________Publicidade_________________

A secretária de Educação no estado do Acre também falou sobre os acontecimentos da última eleição, na qual perdeu a cadeira de prefeita de Rio Branco para o atual gestor, Tião Bocalom. Analisando o processo político de 2020, Socorro Neri diz que lutou de todas as formas possíveis dentro do que considero legal para continuar na prefeitura, mas que a população deu o recado claro de que queria Bocalom como prefeito e que ali encerrava sua eleição.

Neri acredita que algumas situações podem ter lhe atrapalhado na campanha eleitoral. “Ao mesmo tempo em que eu era atacada pelo PT, também era vista como sendo petista. As pessoas diziam: eu não vou votar nessa petista”, revelou.

Socorro diz ter sofrido machismo durante a campanha, mas que não se submeteu às velhas regras da política. “Não me arrependo de nada que fiz e faria tudo de novo. Mas buscaria dialogar mais. Era muitos desafios, intensos o dia a dia e vejo que voltei mais para a gestão”.

Via – Ac 24 Horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas