3 de julho de 2022   |   15:00  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Síndrome de Ramsay Hunt: entenda condição rara do cantor Justin Bieber

Astro pop divulgou vídeo mostrando que está com o rosto paralisado e cancelou shows para cuidar do estado de saúde.

_________________Publicidade_________________

Após adiar três shows da turnê mundial, Justin Bieber surpreendeu fãs ao publicar um vídeo no Instagram nesta sexta-feira (10/6) no qual mostra metade do rosto paralisado. O cantor de 28 anos contou que sofre de uma síndrome rara chamada Ramsay Hunt.

“Quero atualizar vocês do que está acontecendo. Tenho uma síndrome chamada Ramsay Hunt que ataca os nervos do meu ouvido, meus nervos faciais e fez meu rosto ficar paralisado […] Como vocês podem ver esse olho não está piscando, não posso sorrir desse lado do meu rosto, esse lado do nariz não se move. É uma paralisia total desse lado do meu rosto”, explicou ele em postagem no Instagram.

No vídeo, Bieber pediu desculpas pelo cancelamento dos shows e comunicou que vai tirar um tempo para cuidar da saúde, já que a condição é séria. “Vou melhorar. Estou fazendo todos os exercícios para que meu rosto volte ao normal. É só uma questão de tempo, mas não sabemos quanto exatamente”, conclui o cantor.

A síndrome de Ramsay Hunt é uma infecção do nervo facial e auditivo causado pelo vírus herpes-zoster. O vírus fica alojado no corpo até que uma circunstância de baixa de imunidade faz com que ele volte a aparecer. Os sintomas são paralisia facial, problemas de audição, vertigem e dificuldade para falar.

Causas e transmissão

A condição rara é causada pelo vírus herpes-zoster, que provoca a catapora. O risco de desenvolver a doença é maior em indivíduos imunossuprimidos, diabéticos, crianças ou idosos.

A primeira manifestação da síndrome de Ramsay Hyunt é a formação de pequenas bolhas cheias de líquido no ouvido externo e no canal auditivo, que podem aparecer também na língua e/ou no céu da boca.

Tratamento

O tratamento da síndrome é feito com remédios antivirais e corticoides. Além disso, o médico também pode recomendar o uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar as dores, assim como, anti-histamínicos para reduzir os sintomas de vertigem.

Quando existe a compressão do nervo facial é recomendada uma intervenção cirúrgica, que pode aliviar a paralisia. Exercícios de fonoaudiologia ajudam a minimizar os efeitos da infecção na audição e a paralisia dos músculos faciais.

A condição não tem cura, pois o vírus fica adormecido e pode ser reativado quando há baixa de imunidade.

Por Metrópoles

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS