11 de agosto de 2022   |   22:59  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Sem chuvas há 47 dias, São Paulo vive mês de julho mais quente da história

Segundo dados do CGE e do Inmet, mês de julho deste ano se tornou o mais quente desde o início das séries históricas dos órgãos.

_________________Publicidade_________________

Marcado pela ausência de chuvas, o mês de julho de 2022 entrou para a história da cidade de São Paulo como o mais quente da história. Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os dados coletados colocam o mês como o mais quente desde 1943, quando foi aberta a série histórica do Instituto na capital paulista. A temperatura média ficou em 25,9ºC, enquanto que o antigo líder do ranking, julho de 1977, havia registrado média de 25,3ºC. O terceiro lugar da lista fica com o ano de 2018, que teve média de 25,1ºC em julho. Os dados do Inmet vão e encontro aos fornecidos pelo Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE), registrando uma pequena variação de 0,2ºC e mostrando uma média de 25,º7C. O valor também é o mais alto a série histórica do centro, iniciada em 2004. De acordo com o CGE, a média ficou 2,8ºC acima do esperado para o mês.

Ainda segundo o CGE, a capital completa nesta quinta-feira, 28, 47 dias sem chuva significativa. A última vez em que foi registrada chuva significativa na capital foi no dia 10 de junho. Entretanto, a ausência de chuvas deve acabar em breve, assim como as altas temperaturas. De acordo com o Climatempo, os últimos dias de julho serão marcados por uma mudança no Centro-Sul do Brasil, com o avanço de uma frente fria acompanhada de um massa de ar polar mais forte. Isso deverá provocar uma queda nas temperaturas e a volta da chuva na capital. A chuva só deverá durar um dia do fim de semana, e o ar deverá secar em seguida. Todas as áreas do Estado de São Paulo sentirão a queda de temperatura, mas a variação será mais acentuada nas regiões sul e leste.

Com informações Jovem Pan.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS