Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Segurança contesta Observatório de Análise Criminal do MP e diz que violência caiu no Acre

_________________Publicidade_________________

O Governo do Acre contestou os dados do Observatório de Análise Criminal do Ministério Público Estadual e diz que ao contrário de crescimento, houve redução nos roubos com mortes na ordem de 36,1%. 

Em nota, o  secretário de Justiça e Segurança Pública em exercício Maurício Pinheiro, esclarece que o “aumento se deu apenas no município de Feijó, no qual o próprio site, se refere aos números como um ponto fora da curva e que já tem sido trabalhada a intensificação do policiamento na região, com medidas mais rígidas de combate a este tipo de crime. O aumento é de três crimes relacionados a latrocínio este ano, contra um no ano de 2020”.

“No geral, os resultados apresentados pelo Observatório de Análise Criminal do Ministério Público, só reforçam os dados apresentados pela Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública, divulgado ainda no início do mês de abril e também destacam, os resultados positivos alcançados mediante o trabalho integrado, que vem sendo desenvolvido pelas forças de segurança pública com atuação em todo o estado do Acre”, diz a nota.

O ac24horas consultou a assessoria do Ministério Público que confirmou estarem corretos os números.

Leia a nota da Sejusp: 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em resposta a matéria veiculada no site de notícias online AC24HORAS, sobre o tema, “Roubos com mortes crescem 200% no Acre em 2021, diz Observatório de Análise Criminal do Ministério Público”, a Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp), vem à público lamentar a forma tendenciosa como o título da matéria, foi divulgado na manhã deste sábado, 17, trazendo desinformação aos leitores.

A imprensa, assim como todos os órgãos de comunicação, têm, de fato, importância relevante e fundamental na construção dos valores democráticos e na formação de opinião da população. Devem ser livres, contudo, responsáveis, e imparciais na busca pela verdade, quanto à transmissão da informação.

Um estudo divulgado ainda em 2018, pela empresa DNPontocom, revela que, de cada 10 brasileiros, 7 formam opiniões baseados apenas no título das matérias veiculadas em redes sociais, locais onde só no Brasil, há 99 milhões de usuários ativos e se torna a cada dia, um ambiente favorável à comunicação, mas também para a reprodução de fake News.

Levando os dados em consideração, esclarecemos que, diferente do que sugere o título da matéria e apesar do próprio corpo do texto já esclarecer, reforçamos que, não houve o aumento de 200% no primeiro trimestre de 2021, no que diz respeito à roubos com mortes no Acre. Pelo contrário, o Estado apresentou redução de 36,1% destes casos. O aumento se deu apenas no município de Feijó, no qual o próprio site, se refere aos números como um ponto fora da curva e que já tem sido trabalhada a intensificação do policiamento na região, com medidas mais rígidas de combate a este tipo de crime. O aumento é de três crimes relacionados a latrocínio este ano, contra um no ano de 2020.

No geral, os resultados apresentados pelo Observatório de Análise Criminal do Ministério Público, só reforçam os dados apresentados pela Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública, divulgado ainda no início do mês de abril e também destacam, os resultados positivos alcançados mediante o trabalho integrado, que vem sendo desenvolvido pelas forças de segurança pública com atuação em todo o estado do Acre.

Rio Branco Acre – 17 de abril de 2021

Maurício Pinheiro Soares

Secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, em exercício.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas