Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Secretário de Saúde diz que estoque de medicamentos para ‘kit intubação’no AC deve durar 15 dias

Governo busca novas aquisições, mas encontra dificuldades, assim como todos estados. Ministério da Saúde prometeu abastecer os estados que estão com os estoques acabando em até 2 dias.

A Secretaria de Saúde do Acre informou que o estado ainda não recebeu os medicamentos para o kit intubação que chegaram da China ao Brasil e foram doados ao governo federal. Com isso, segundo o secretário da pasta, o estoque no estado é suficiente para os próximos 15 dias.

O Ministério da Saúde prometeu abastecer os estados que estão com os estoques acabando em até 2 dias. Conforme o ministério, foram comprados 2,3 milhões de medicamentos de intubação orotraqueal para serem distribuídos no país. O estado do Acre deve receber um total de 44.950 medicamentos.

O lote saiu da China na madrugada de quarta-feira (14) e desembarcou no Aeroporto de Guarulhos (SP) na noite de quinta (15). Os produtos foram doados ao governo federal por um grupo de empresas formado por Petrobras, Vale, Engie, Itaú Unibanco, Klabin e Raízen.

Chegada do avião em São Paulo, vindo da China, que trouxe carregamento de remédios para intubação de pacientes  — Foto: Divulgação

Chegada do avião em São Paulo, vindo da China, que trouxe carregamento de remédios para intubação de pacientes — Foto: Divulgação

O secretário de Saúde do Acre, Alysson Bestene, informou a reportagem que ainda não foi informado sobre o dia que as medicações enviadas pelo governo federal devem chegar ao estado.

Segundo ele, o quantitativo que o Acre tem em estoque atualmente deve durar por somente mais 15 dias e que governo busca novas aquisições, mas tem encontrado dificuldades, assim como todos estados.

“Ainda não chegou, nós estamos aguardando. Estamos com dois processos que iniciamos de compra que dá fracassado, a maioria dos estados está passando por esse problema, inclusive hospitais particulares, que não precisam realizar processo de compra como a administração pública. Parcerias que buscamos junto a órgão das Nações Unidas, até eles estão tendo dificuldades na aquisição de itens de intubação. Temos um quantitativo ainda que dá para nossas unidades, não tem como fazermos doação para unidades privadas, e temos um estoque para 15 dias. Por isso, essa chegada é esperada para a gente manter esse estoque, tendo em vista que a pandemia não acabou”, afirmou Bestene.

Veja quais medicamentos devem chegar ao estado, segundo Ministério da Saúde:

  • Fentanil – 21.280 unidades (potente analgésico);
  • Propofol – 751 unidades (sedativo);
  • Midazolans – 22.796 unidades (também usado para sedação);
  • Cisatracúrio – 123 unidades (bloqueador neuromuscular).

Pandemia e colapso na Saúde

A Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) confirmou no boletim dessa sexta-feira (16) mais 383 novos casos de infecção por coronavírus e nove mortes. O número de infectados foi para 75.047 e o total de mortes é de 1.395.

O estado tem 330 pessoas internadas, das quais 300 estão com teste positivo para a Covid-19. Nesta sexta, há oito pacientes na lista de espera por um leito de UTI.

Dos 106 leitos de UTI nos hospitais da rede SUS disponibilizados no estado, 101 estão ocupados. A taxa de ocupação total está em 96%. Os leitos de UTI estão concentrados na capital, com 80 vagas, e Cruzeiro do Sul, com 26.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

G1 ACRE

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas