Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Secretaria de Educação nega corte de salários dos professores em greve no Acre

A assessoria de comunicação da SEE afirmou que a secretária Socorro Neri ainda está dialogando com a categoria

_________________Publicidade_________________

A Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esportes do Acre (SEE) negou nesta terça-feira (8) que a pasta vai cortar o ponto dos educadores que estão em greve no Acre desde o dia 13 de maio.https://dd93f6475a7ea97edf152ad04ccfe816.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A informação foi desmentida após ser divulgada por diversos veículos de comunicação do Estado.

A assessoria de comunicação da SEE afirmou que a secretária Socorro Neri ainda está dialogando com a categoria.

Nesta quarta-feira (9), representantes do Governo e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac) vão se reunir em uma audiência de conciliação no Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) para tratar da greve. As propostas já anunciadas pelo governador Gladson Cameli serão apresentadas à categoria.

A pauta principal do movimento tem a ver com correção das perdas inflacionárias que afetam os trabalhadores desde 2018, além da correção das tabelas.

Na última quarta-feira (2), Cameli e Neri anunciaram 11 medidas importantes para os profissionais da Educação, incluindo o envio de dois projetos de lei à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) que tratam do fornecimento de internet e notebook para professores da rede pública de ensino e o pagamento do auxílio alimentação para os trabalhadores, a partir de janeiro de 2022, financiado pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb); o pagamento da Vantagem por Desempenho Profissional dos Professores (VDP), em um investimento que chega a R$ 17 milhões; e o retorno do adicional do ensino especial e uso de instrumentos como dedicação exclusiva e complementação de carga-horária.

Via-Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas