Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Saúde realiza capacitação para técnicos em saúde ambiental do Juruá

_________________Publicidade_________________

Com o objetivo fortalecer o trabalho de vigilância para redução de doenças, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio da Divisão de Saúde Ambiental e do Núcleo dos Determinantes Ambientais, iniciou na última segunda-feira, 7, uma capacitação voltada para os técnicos da Coordenação de Vigilância em Saúde.

A vigilância ambiental tem como foco preservar a saúde, por meio de monitoramento e controle de problemas decorrentes do desequilíbrio do meio ambiente, tendo-se em vista que mais de 60% dos agravos à saúde e das doenças estão relacionados a esse aspecto.

Na programação, estão previstas rodas de conversas sobre a estratégia de mobilização para conscientizar a população a respeito da importância da qualidade da água e do ar. “O objetivo da estratégia é evitar doenças, além da apresentação do perfil epidemiológico dos agravos ocasionados por veiculação hídrica [água] e das decorrentes da poluição atmosférica e infecções respiratórias ”, afirma a chefe do Núcleo dos Determinantes Ambientais da Sesacre, Regina Cavalcante.

Saúde realiza capacitação para os técnicos da Coordenação de Vigilância em Saúde Ambiental dos municípios da Regional do Juruá. Foto: Cedida

As capacitações são realizadas em Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Tarauacá e Feijó. Os temas abordados são vigilância da qualidade da água para consumo humano, vigilância em saúde de populações expostas a poluentes atmosféricos e o conjunto de ações a serem adotadas continuamente pelas autoridades de saúde pública para reduzir o risco de exposição da população e dos profissionais de saúde aos desastres.

As capacitações estão sendo realizadas em Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Tarauacá e Feijó. Foto: Cedida

“Estaremos nos municípios até 19 de junho, reunindo-nos também com os secretários municipais, representantes do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa) e da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), para alinhamento de ações e sensibilização sobre a importância do trabalho da vigilância ambiental para a melhoria dos indicadores de saúde locais”, afirma Regina.

Por SECOM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas