Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Saúde Municipal esclarece dúvidas sobre a vacinação para pessoas com comorbidades.

A coordenação Municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul, já tem determinado número de hipertensos, diabéticos e de outras comorbidades, pois são pessoas que são acompanhadas pelos agentes comunitários de saúde.

Essas pessoas não precisam fazer atualização de cadastros nas unidades de saúde, pois já estão em dia. Quem não tem esse acompanhamento precisa realizar o cadastramento, que servirá inclusive como base para a vacina Anti-Covid.

A secretária adjunta de saúde, Valéria Lima, pede que as pessoas tenham paciência, pois quem não tem esse acompanhamento precisa de uma comprovação que realmente tenha alguma comorbidade. “Nós estamos fazendo o cadastro da unidade a qual pertence cada pessoa. Alguns médicos estão solicitando para que a pessoas façam o mapeamento da sua pressão. Então esse mapeamento dura em torno de sete dias, e também solicitar exames e isso leva um tempo.”
Segundo Valéria, o mesmo procedimento ocorre na zona rural.
“A população da zona rural , canela fina, igarapé preto, toda a área que faz parte da Ac 407 (rural), também passa pelo mesmo procedimento. As pessoas já começaram a procurar os postos de saúde para fazer o cadastramento”, concluiu.

No caso do coronavírus, doenças preexistentes como diabetes, hipertensão, asma e tuberculose estão entre as principais que podem afetar e agravar o estado de saúde de pacientes, levando à internação ou mesmo à UTI.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas