Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Saúde informa profissionais do Jordão sobre a notificação de violência interpessoal

_________________Publicidade_________________

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), realizou na última semana, a capacitação de profissionais do município de Jordão, distante  de Rio Branco cerca de 636 km por via terrestre, sobre a importância das notificações de violência interpessoal e autoprovocada.

A oficina faz parte do Guia Orientador da Covid-19 na rede de Atenção à Saúde. Foto: Cedida

A oficina faz parte do Guia Orientador da Covid-19 na rede de Atenção à Saúde. A equipe de técnicos da Sesacre falou, também, sobre a doença diarreica e o novo modelo de financiamento do Sistema Único de Saúde, o Previne Brasil.

“Além desses, debatemos diversos outros assuntos que fortalecem as ações da Atenção Básica. É a nossa missão, designada pelo governador Gladson Cameli, que não tem medido esforços para oferecer qualidade de vida e saúde à nossa população”, destacou o técnico da Divisão de Saúde da Família, Eduardo Messias.

A notificação é a primeira etapa para a inclusão de pessoas em situação de violência em linhas de cuidado, a fim de promover atenção integral a essas pessoas e garantir seus direitos. Foto: Cedida

A violência autoprovocada, ou auto-infligida, é quando o indivíduo comete contra si, por exemplo, ideação suicida, autoagressões, tentativas de suicídio ou suicídio.

A violência interpessoal, ou violência doméstica, ocorre entre os parceiros íntimos e entre os membros da família, principalmente no ambiente da casa, mas não unicamente.

Por isso, a oficina ressalta  a importância da notificação como instrumento de cuidado e garantia de direitos. Sendo a primeira etapa para a inclusão de pessoas em situação de violência em linhas de cuidado, a fim de promover atenção integral a essas pessoas e garantir seus direitos.

SECOM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas