Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Saúde em greve: Em Cruzeiro do Sul servidores terceirizados e efetivos aderem à manifestação iniciada nesta segunda

_________________Publicidade_________________

O Sindicato dos Profissionais da Saúde no Acre iniciou nesta segunda-feira,14, a greve em todo o estado nas unidades de saúde. Pelo menos seis sindicatos incluindo o dos médicos, enfermeiros, biomédicos, pedem as correções das perdas salariais e protestam contra as condições de insalubridades no trabalho.

Em Rio Branco os servidores fizeram carreatas nesta segunda pela manhã no centro da capital.

Em Cruzeiro do Sul, a greve dos servidores da saúde envolve a Maternidade de Cruzeiro do Sul, Hemonúcleo e o Hospital Dermatológico. O diretor do Sintesac Adalberto Sampaio, disse que a greve é uma reivindicação justa por tudo que os servidores da saúde têm enfrentado neste tempo de pandemia. “Os trabalhadores em saúde hoje, principalmente aqueles que estão na linha de frente dessa pandemia estão extremamente penalizados. Estamos há vários anos sem nenhum reajuste prático no vencimento. Um auxílio que tentaram nos dar, foram somente quatro parcelas. Então, estamos em greve porque justamente tem trabalhador hoje, que tá ganhando 70 reais em um plantão de 12 horas”.


Outra reinvindicação feita em Cruzeiro do Sul é pelo pagamento do salário dos servidores de apoio que trabalham na UPA e na Maternidade, que estão há quase três meses sem receber seus salários. “A gente fica muito triste em ver esses trabalhadores terceirizados sem receber há três meses. O governo afirma que repassou o dinheiro para a firma e a firma diz que não recebeu esse repasse e o trabalhador fica nesse fogo cruzado”, concluiu Gilmar Giles, vereador.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas