Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Saúde anuncia retorno de exames de mamografias para o Juruá

Com o propósito de gerar impactos positivos à saúde do Estado e garantir melhorias na qualidade de vida do acreano, a CIR tem representações na regional do Baixo Acre, na regional do Alto Acre e na regional do Juruá

_________________Publicidade_________________

Da 4ª edição das reuniões da Comissão Intergestora Regional (CIR), realizada na manhã desta sexta-feira, 8, em Mâncio Lima, veio a boa notícia do governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), de que os exames de mamografia serão retomados nos sete municípios da região do Vale do Juruá. A boa nova é uma das decisões da comissão para melhorar a saúde da população.

A secretária-adjunta da Assistência à Saúde, Adriana Lobão, fez o anúncio e orientou o público feminino com um pedido especial.

“É com imensa satisfação que voltamos a nos reunir para definir ações de saúde e atender as demandas dos municípios. Uma das políticas é o retorno das mamografias, que estavam paralisadas há meses, e que depois de reajustes, vamos retomá-los. Aproveito a ocasião e peço às mulheres, num mês tão oportuno, que é o outubro rosa, que busquem realizar o diagnóstico que detecta o câncer de mama”, orientou.

A secretária-adjunta da Assistência à Saúde, Adriana Lobão, fez o anúncio de que os exames de mamografia serão retomados nos sete municípios da região do Vale do Juruá. Foto: Marcos Santos/Secom

A gestora tratou, ainda, de outras novidades da pasta, como os serviços que serão ofertados com a entrega do Hospital Abel Pinheiro, que entrou na fase final de reforma.

“Aqui, na cidade mais ocidental do Brasil, é grande a expectativa sobre os benefícios que a entrega dessa unidade trará à sociedade. Com esse investimento, o governo vai ampliar, bastante, a oferta de saúde ”, disse.

A CIR apresentou, na ocasião, outra novidade, que é a composição de uma nova diretoria. Foto: Marcos Santos/Secom

A CIR apresentou, na ocasião, outra novidade, que é a composição de uma nova diretoria. Os Departamentos de Vigilância em Saúde, Atenção Primária em Saúde, Atenção Laboratorial Especialista Hospitalar e a Assistência Farmacêutica agora fazem parte do novo formato de gestão.

“As nossas referências de redes veio somar com as regionais de saúde e os municípios. A parceria tem um único objetivo, que é buscar avanços na saúde pública”, relatou a diretora da Rede de Atenção à Saúde, Jocilene Soares de Souza.

Sobre a Comissão Intergestores Regionais

Com o propósito de gerar impactos positivos à saúde do Estado e garantir melhorias na qualidade de vida do acreano, a CIR tem representações na regional do Baixo Acre, na regional do Alto Acre e na regional do Juruá, Tarauacá e Envira. Cada uma é liderada por secretários municipais, que realizam suas funções em parceria com governo com o objetivo de transformar em realidade as demandas de saúde da população.

Em 2021, a pandemia possibilitou que fossem realizadas, até o momento, apenas quatro edições dos encontros.

“O governo fortalece a rede quando atribui valor às discussões dos gestores de saúde sobre políticas públicas, o que gera melhorias nos atendimentos das unidades, afirmou Catiana Rodrigues. Foto: Marcos Santos/Secom

A coordenadora da regional do Juruá, Taraucá e Envira, Catiana Rodrigues, enfatiza os resultados positivos que as decisões da CIR têm operado no sistema de saúde. “O governo fortalece a rede quando atribui valor às discussões dos gestores de saúde sobre políticas públicas, o que gera melhorias nos atendimentos das unidades. Com esse diálogo, conseguimos definir serviços que há anos estavam inoperantes, avançamos na logística com a entrega de insumos aos secretários municipais e pactuamos, em ata ,medidas que, obrigatoriamente, devem ter continuidade em futuras gestões”, ponderou.

O que disseram gestores de saúde dos municípios sobre a CIR

“A CIR nos possibilitou a realização de testes rápidos para várias patologias, ganhamos mais celeridade para adquirir vacinas, conseguimos realizar, in loco, exames de sorologia para dengue, às hepatites, além do ganho de insumos, que foi um compromisso que a Sesacre firmou conosco”, Joice Gonçalves, secretária de Saúde de Mâncio Lima.

“Ganhamos muito no tratamento da Hepatite B com as reuniões da CIR, quando, por exemplo, o governo do Estado assume a responsabilidade de transportar os exames de sorologia. Se houver fluidez nas discussões, quem ganha com isso é a população”, José Maria da Silva, gestor da Saúde de Marechal Thaumaturgo.

“É com a CIR que municípios como Feijó têm retorno nas suas pautas de saúde. Na nossa cidade, já avançamos com a implantação da telemedicina, tivemos ganhos na realização de exames de eletrocardiograma e com a regulação de consultas”, Eronildo Oliveira de Souza, secretário de Saúde de Feijó.

Por SECOM

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas