24 de maio de 2022   |   11:36  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Revista norte-americana Time divulga capa com entrevista com Lula

Para petista, Zelenski "é tão responsável quanto Putin" pela guerra. Ele fala também sobre a prisão.

_________________Publicidade_________________

SBT NEWS

A revista Time, dos Estados Unidos, divulgou na manhã desta 4ªfeira uma capa com uma entrevista com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Na capa, com a data de 23 de maio, está destacado “O segundo ato de Lula” e no subtítulo está descrito “O líder mais popular do Brasil busca retornar à Presidência”. O petista responsabilizou o presidente da Rússia, Vladimir Putin, o presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, a União Europeia e os Estados Unidos pela guerra em curso na Ucrânia. “Esse cara (Zelenski) é tão responsável quanto o Putin. Porque numa guerra não tem apenas um culpado”, disse o ex-presidente. “(…) o comportamento dele é um comportamento um pouco esquisito, porque parece que ele faz parte de um espetáculo.”

A publicação revisitou o histórico de Lula no poder, e lembrou que ele deixou o poder como o presidente mais popular da história recente do país. Além disso, a Time destacou a condenação e a prisão após as investigações de corrupção na Operação Lava Jato, relembrou a soltura do petista. De forma indireta, a revista cita o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública e o ex-juiz, Sérgio Moro. A publicação diz que o político foi julgado por um juiz que atuou de forma enviesada, afetando a carreira política do petista. 

“O segundo ato de Lula:líder mais popular do Brasil busca retornar à Presidência”, destaca a revista | Time

A Time entrevistou o ex-presidente no fim do mês de março e ele falou à revista que nunca desistiu da política e pensou em não se candidatar mais após ter saído do Palácio do Planalto em 2010.

“Quando deixei a Presidência em 2010, efetivamente eu não pensava mais em ser candidato à Presidência da República. Entretanto, o que eu estou vendo, doze anos depois, é que tudo aquilo que foi política para beneficiar o povo pobre? todas as políticas de inclusão social, o que nós fizemos para melhorar a qualidade das universidades, das escolas técnicas, melhorar a qualidade do salário, melhorar a qualidade do emprego?, tudo isso foi destruído, desmontado”, contou o petista à publicação.

A Time ressaltou a forma que o ex-presidente conduziu sua política econômica quando estava no governo e perguntou ao petista como seria a política econômica em caso de um novo mandato. Ele respondeu que o tema só será definido após as eleições e ainda ressaltou que quando era presidente o país teve ‘crescimento do mercado’.

Além disso, Lula disse à Time que quer voltar para recuperar as políticas que ajudaram os pobres durante seu governo.

“A política vive em cada célula do meu corpo, porque eu tenho uma causa. E nos 12 anos desde que deixei o cargo, vejo que todas as políticas que criei para beneficiar os pobres foram destruídas”, explicou.

A publicação norte-americana tem várias capas diferentes conforme cada região do mundo. Elon Musk, o futuro dono do Twitter (capa nos EUA), o chanceler da Alemanha, Olaf Scholtz (capa na Europa) e o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski (capa da região do Pacífico) são as próximas edições da Time pelo mundo.


Bolsonaro vence votação popular de personalidade do ano da revista “Time”

O presidente Jair Bolsonaro (PL) venceu votação popular realizada pela revista Time para definir a personalidade do ano de 2021. No total, o chefe do Executivo brasileiro recebeu 24% dos mais de 9 milhões de votos registrados. O resultado foi divulgado no começo de dezembro de 2021.

De forma mais específica, a pesquisa visa a descobrir quem ou que grupo, na avaliação do público, teve a maior influência no ano, seja positiva ou negativa. Pelo Twitter, Bolsonaro comemorou a vitória nas redes sociais. 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS