Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Reinventando na Pandemia: Empreendedorismo leva cruzeirenses a enfrentar a crise e gerar renda

_________________Publicidade_________________

Com início da pandemia o setor econômico foi diretamente afetado, tendo uma queda de 4,3 registrados apenas em 2020. Muitas empresas e fábricas demitiram funcionários ou até mesmo fecharam suas portas.

Mas o momento de dificuldades motivou muitas pessoas a se reinventarem e procurarem outras alternativas para manter a renda, como é o caso de Jonas Lima que após ele e o cunhado ficarem desempregados no início da pandemia, ainda no ano passado os dois tiveram a idéia de montar o delivery de hamburguer artesanal.
“A ideia surgiu após eu e meu cunhado ficarmos desempregados. Meu cunhado tinha a mania de fazer hamburgueres caseiros pra gente nos finais de semanas. Aí tivemos essa idéia de empreender em meio a pandemia e hoje nós estamos conseguindo obter ótimos resultados”, relatou Jonas Lima.

Marta Paula tinha o sonho de construir a casa própria e com a chegada da pandemia, os planos ficariam ainda mais longe de se tornar realidade. Foi aí que ela passou a revender semi-joias e o sonho da casa própria já está em andamento. “Nós estamos passando por um período precário e foi uma renda que caiu pra mim na hora certa em que eu estava precisando.”

Com as aulas presencias suspensas, os aulos passaram a ter mais tempo livre e a estudante Geovana Paixão, aproveitou para empreender nas horas vagas.

A jovem confecciona produtos artesanais e relata que a idéia surgiu quando ela resolveu fazer a próprias bijuterias. “Com a quarentena, despertou esse lado criativo em mim, onde comecei a pintar telas e à partir daí comecei a fazer acessórios para vender”.
Giovana é a prova que estudar e ter a própria renda pode dar certo. Só precisa de determinação e criatividade. A jovem busca o diferencial para oferecer novidades para os clientes.

Três diferentes histórias que pode servir como motivação para quem precisa de uma renda e não sabe como começar.

Três diferentes seguimentos com capital mínimo para iniciar. O que Jonas, Marta e Giovana tem em comum, é que ambos iniciaram em meio a uma pandemia, momento considerado impróprio para começar um empreendimento. Mas hoje conseguem tirar o seu sustento e até empregar outra pessoas como é o caso da hamburgueria do Jonas.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas