Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Recuo da pandemia faz Cruzeiro do Sul começar a desmobilizar hospital de campanha

_________________Publicidade_________________

Com a redução do número de pacientes com Covid-19, técnicos de enfermagem, enfermeiros e fisioterapeutas do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul já começam a ser dispensados. O desligamento de profissionais deverá prosseguir.

Segundo o diretor da unidade hospitalar, médico Elcimar Reis, os profissionais foram contratados para atuar durante a pandemia de coronavírus e as demissões são naturais. “A tendência é que fiquem apenas os necessários, de acordo com a quantidade de casos”, explica o diretor.

Governo reduziu verba de custeio

A desmobilização da estrutura dos Hospitais de Campanha de Cruzeiro do Sul e Rio Branco, como anunciado pelo governador Gladson Cameli para setembro, já começou.

Dos 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva – UTI do Hospital de Campanha, em Cruzeiro do Sul, foi reduzida a verba de custeio para 10.

Mesmo assim, segundo o diretor, as UTIs seguem preparadas para atender em caso de necessidade. O temor é pela terceira onda da Covid-19 com a variante  Delta, que pode já estar  presente no Acre.

Nesta quinta-feira, 2, no hospital de campanha de Cruzeiro do Sul, há um total de 4 pacientes, sendo 3 na clínica e 1 na Unidade de Terapia Intensiva –  UTI. Este número já chegou a 104.

Via-Ac 24 horas

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas