Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Recém-nascido de 3 dias sobrevive a acidente que matou a mãe e mais 4: ‘Conseguimos achá-lo através do choro’, diz bombeiro

_________________Publicidade_________________

Cinco pessoas morreram em um grave acidente envolvendo dois carros e uma carreta na MG-307, próximo ao trevo de Grão Mogol na noite desse domingo (15). Um recém-nascido, de três dias, estava em um dos veículos e foi resgatado sem ferimentos.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, os dois veículos bateram na carreta bitrem que saiu de uma estrada vicinal e entrou na rodovia. A perícia foi acionada e as causas do acidente serão investigadas. Um dos carros era da Prefeitura de Botumirim e transportava cinco pessoas, entre elas o recém-nascido e a mãe. No outro veículo, viajavam duas pessoas. O motorista morreu no local e o passageiro, de 30 anos, foi resgatado com escoriações e suspeita de fratura.

“NÓS CHEGAMOS AO LOCAL E CONSTATAMOS OS QUATRO ÓBITOS NO CARRO E NÃO VIMOS O BEBÊ. EM SEGUIDA, CONSEGUIMOS RETIRAR COM VIDA O PASSAGEIRO DO OUTRO VEÍCULO. JÁ ESTÁVAMOS FELIZES POR ISSO QUANDO VEIO À SURPRESA. OS COLEGAS ESCUTARAM O CHORO DA CRIANÇA E AO VOLTARMOS PARA AVERIGUAR, ENCONTRAMOS O BEBÊ NO ASSOALHO DO VEÍCULO DEBAIXO DOS CORPOS. ELE ESTAVA BEM ESCONDIDO E CONSEGUIMOS ACHÁ-LO ATRAVÉS DO CHORO. A GENTE REALMENTE NÃO ESPERAVA E FOI UMA ALEGRIA E EMOÇÃO PARA TODO MUNDO, RESGATAR ESSA CRIANÇA ILESA. OS DOIS CARROS FICARAM DESTRUÍDOS E NÃO ENCONTRAMOS NENHUM FERIMENTO NO RECÉM-NASCIDO”, CONTOU O SARGENTO LAYON FREITAS PEREIRA.

Carro em que o bebê estava entrou debaixo da carreta e ficou destruído — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Carro em que o bebê estava entrou debaixo da carreta e ficou destruído — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

O sargento acredita que o bebê conforto pode ter ajudado a proteger o recém-nascido.

“ELE ESTAVA FORA DO BEBÊ CONFORTO QUANDO O ENCONTRAMOS, MAS PROVAVELMENTE FOI O EQUIPAMENTO QUE AJUDOU A PROTEGER BASTANTE. O RECÉM-NASCIDO FOI LEVADO PARA O HOSPITAL DE GRÃO MOGOL ONDE PASSOU POR UMA AVALIAÇÃO E DEPOIS FOI TRANSFERIDO PELO SAMU”.

Segundo a assessoria do Samu, a criança apresentava hipoglicemia e foi medicada. Em seguida, ela foi levada para o hospital de Francisco Sá e transferida para a Santa Casa de Montes Claros na manhã desta segunda-feira (16). A assessoria do hospital informou que o estado de saúde é estável e “o recém-nascido está sendo avaliado pelos médicos, mas até o momento não foi necessário nenhum procedimento”.

Por telefone, a secretária de Saúde de Botumirim, Jéssica Messias Oliva Carvalho, disse ao G1 que a mãe deu à luz em um hospital de Montes Claros e estava retornando para o município quando aconteceu o acidente. O motorista da prefeitura saiu da cidade por volta das 15h desse domingo para buscar pacientes em Montes Claros e a previsão era de chegar no município por volta de 21h30.

De acordo com a secretária, morreram no acidente a mãe do bebê Fernanda Caroline Alves Ferreira, de 23 anos, o motorista da prefeitura Eliomar Célio Pereira dos Santos, de 47 anos, Sebastião Pereira dos Santos, de 50 anos, e a filha dele Samara de Jesus dos Santos, de 18 anos. Sebastião tinha feito uma cirurgia em Montes Claros e estava acompanhado da filha. A prefeitura de Botumirim decretou luto oficial de três dias.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Montes Claros. De acordo com o IML, o motorista do outro carro era José Alves de Souza, de 59 anos. Ele era de Grão Mogol e retornava de uma viagem para Jaíba.

Via-G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas