Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Quer pagar quanto? TV Globo cobra R$ 61 milhões de Ricardo Eletro

Empresário Ricardo Nunes tem bens penhorados pela Justiça de SP, que serão leiloados entre os dias 11 e 17 de novembro para pagar dívida

_________________Publicidade_________________

Dono do famoso bordão “quer pagar quanto?”, o empresário Ricardo Nunes teve alguns bens pessoais penhorados pela Justiça de São Paulo para pagar parte de uma dívida em aberto com a TV Globo. A emissora move um processo judicial na qual cobra R$ 61,2 milhões da Ricardo Eletro, que foi fundada pelo empresário mineiro.

Por conta da dívida, a Justiça penhorou objetos do apartamento de Nunes, que foram avaliados em R$ 213 mil. A informação foi publicada pelo colunista Rogério Gentile, da Folha, e confirmada pelo Metrópoles. O leilão será realizado de 11 a 17 de novembro.

O empresário mineiro agora faz lives e dá palestras e cursos nas redes sociais

O empresário mineiro agora faz lives e dá palestras e cursos nas redes sociaisReprodução/Instagram

Ricardo Nunes era visto com frequências nas propagandas da Ricardo Eletro

Ricardo Nunes era visto com frequências nas propagandas da Ricardo EletroDivulgação

Fachada de loja da Ricrado Eletro

A TV Globo cobra da Justiça uma dívida milionária contra a Ricardo EletroDivulgação

Entre os itens que pertencem a Ricardo Nunes e estarão disponíveis para aquisição estão um piano de cauda, uma televisão de 75 polegadas, três aparelhos de ar-condicionado, duas estátuas de decoração, dois quadros e um móvel de madeira rústica. O edital do leilão foi publicado do Diário de Justiça Eletrônico do dia 15 de outubro.P

Pagamento de advogado

A decisão foi tomada pelo juiz Antonio Carlos Santoro Filho, da 11ª Vara Cível de São Paulo, no dia 13 de outubro. No texto, o magistrado afirma que o leilão tem “como serventia o cálculo das custas a serem recolhidas para o pagamento dos honorários dos advogados da emissora”. No caso, o beneficiado será o escritório Affonso Ferreira Advogados, que cuida do processo movido pela TV Globo contra a Ricardo Eletro.

Atualmente, a dívida com honorários somam mais de R$ 5 milhões. A emissora abriu um processo indenizatório contra a o empresário em junho de 2018, na qual cobra R$ 61,2 milhões da Ricardo Eletro. Ricardo Nunes, então fundador da empresa, não é mais acionista da Máquina de Vendas, que controla atualmente a Ricardo Eletro.

No entanto, o empresário foi avalista de sete notas promissórias emitidas em 2017. Vale lembrar que a empresa está em processo de recuperação judicial e foi assumida pela MV Participações.

Após perder o comando da Ricardo Eletro, Ricardo Nunes tem feito lives pelas redes sociais e cursos para ensinar sobre empreendedorismo e investimento em mercado financeiro.

Por Metrópoles

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas