14 de agosto de 2022   |   10:19  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Quatro veículos são apreendidos em cobija por trafego ilegal de Gás de Cozinha destinado a fronteira do Acre

O trafego de Gás sem regulamentação é proibido na Bolívia e qualquer pessoa que tentar infringir será penalizada com base na Lei Nº 100 e poderá sofrer uma detenção de até seis anos com base na legislação boliviana.

_________________Publicidade_________________

A Agencia Nacional de Hidrocarbonetos (ANH) da Bolívia apreendeu nesta última Quinta-Feira (14), ao menos sete Botijas de Gás de cozinha (GLP) que estavam sendo transportadas para o Brasil, junto, também foram capturados quatro veículos (Dois carros e duas Motocicletas) por violar a legislação boliviana previsto na Lei Nº 100.

Segundo o Diretor regional da ANH, Roly Saldias, a operação contou com o apoio das Forças Armadas e o Ministério Publico da Bolívia nas pontes fronteiriças que ligam Cobija a Epitaciolândia e Cobija a Brasileia.

“Os bolivianos sempre souberam que e proibido o transporte de Gás para outro pais, vamos aumentar o controle em diferentes pontos do Departamento para manter a fiscalização, os infratores serão punido de acordo com a Lei.” Afirmou Saldias.

Sob o comando dos veículos estavam 3 homens e 1 mulher, todos de nacionalidade boliviana e usaram vários argumentos para tentar justificar o transporte ilegal do Gás, alguns chegaram a usar o pretexto de que estavam levando o gás para consumo próprio, uma vez que o gás da bolivia custa em media R$: 18,00 e o do Brasil ultrapassa os R$: 100,00.

O trafego de Gás sem regulamentação é proibido na Bolívia e qualquer pessoa que tentar infringir será penalizada com base na Lei Nº 100 e poderá sofrer uma detenção de até seis anos com base na legislação boliviana.

Os infratores capturados estao sob suspeita de “Formiguinhas” (Ação de trafego em grupo) e serão investigado por trafego de GLP sem autorização.

Com informações o Alto Acre.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS