Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Quatro aparelhos celulares aptos para uso são apreendidos dentro do presídio de Sena Madureira

_________________Publicidade_________________

Um trabalho minucioso de fiscalização desenvolvido por policiais penais de Sena Madureira culminou em mais uma apreensão de materiais ilícitos dentro do presídio Evaristo de Moraes. Dessa vez, quatro aparelhos celulares em perfeito estado de uso foram retirados das mãos dos reeducandos.

De acordo com Francisco de Assis, Diretor do presídio, os policiais penais promoveram revistas em algumas celas e acabaram encontrando os celulares. “Trata-se de mais uma ação exitosa da nossa equipe. O trabalho tem sido constante no sentido de repelir qualquer tipo de ilegalidade”, sintetizou.

Ao longo desse ano, várias apreensões já foram registradas no presídio de Sena Madureira tanto de celulares como também de entorpecentes.

Recentemente, durante revista na entrada do presídio, uma visitante foi flagrada com produto entorpecente dentro de uma farofa que a mesma estaria levando para o irmão. “A nossa orientação é que a fiscalização ocorra de forma rigorosa, dentro da lei. Quem tenta driblar a fiscalização está sendo flagranteado”, comentou Francisco.

No que tange à questão dos celulares, a Lei de Execuções Penais (LEP), proíbe expressamente o uso dos mesmos por parte dos detentos, visto que, já se comprovou que alguns crimes são ordenados de dentro de presídios através desses aparelhos.

  • Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas