11 de agosto de 2022   |   22:51  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Quase R$200: mesmo com reajuste no preço da saca, consumo da farinha de mandioca permanece em alta

Turistas de todos os estados chegam em busca da famosa farinha, goma e biscoitos de Cruzeiro do Sul. Entretanto, a mais procurada é a farinha com côco, por seu sabor único e irresistível.

_________________Publicidade_________________

Redação Juruá Online

Cruzeiro do Sul é uma das poucas cidades do Acre onde é possível encontrar, em qualquer época do ano, um dos produtos regionais mais consumidos pela população local, a farinha de mandioca.

No mercado central da cidade é fácil encontrar diversas variedades para todos os gostos. O consumidor tem a opção de escolher a farinha mais branca, amarela e até com sabor de côco.

Os vendedores estocam a farinha no próprio mercado. De acordo com Márcio de Paula, o produto tem uma boa saída e uma única pessoa pode chegar a vender em média 20 sacas de 50 quilos fracionadas em 10 dias. Levando em conta todas as vendas, pode chegar  a mais de 50 sacas ao mês.

Na tabela dos vendedores uma saca de 50 quilos, custa em média R$ 180,00 no mercado. O litro que pesa 600g custa R$ 2,50.

Turistas de todos os estados chegam em busca da famosa farinha, goma e biscoitos de Cruzeiro do Sul. Entretanto, a mais procurada é a farinha com côco, por seu sabor único e irresistível.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS