Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Projeto Resgatando a Identidade Cultural do Vale do Juruá lança edital para seleção de artistas

_________________Publicidade_________________

Via-Voz do Norte

O professor e ativista cultural Charles André realizou na tarde da última sexta-feira (17), no auditório térreo do Teatro dos Náuas, o lançamento do edital do projeto Resgatando a Identidade Cultural do Vale do Juruá, que vai envolver música, teatro, dança e ainda uma feirinha de artesanato e comidas típicas.

“Estamos fazendo o lançamento do edital deste projeto que envolve toda a região do Juruá que tem um edital que vai selecionar artistas, remunerados ou não, que irão se apresentar em três finais de semana do mês de outubro e vai movimentar o setor cultural, mas com todos os cuidados sanitários da pandemia”, explica.

Segundo Charles André o projeto Resgatando a Identidade Cultural do Vale do Juruá é financiado pela Lei Aldir Blanc, do governo Federal e gerenciado pelo governo do Estado, através da Fundação Elias Mansour e tem também o apoio da prefeitura de Cruzeiro do Sul que sempre apoia as atividades culturais.

“Para fazer a inscrição no projeto é muito simples sendo preciso apenas mandar um e-mail para charlesvivo@yahoo.com.br ou pelo whatsapp web 99968-5498 solicitando o regulamento que será encaminhado eletronicamente. O prazo de inscrição será de 17 a 27 de setembro”, informa.

Charles destaca que o projeto abrangerá 20 iniciativas culturais, em três eventos e a grande maioria dos recursos do projeto será para remuneração dos artistas numa forma deles terem uma condição de trabalho e um percentual para garantir sua alimentação e ainda mostrar as várias linguagens artísticas da região.

“As vezes a pessoa tem um talento guardado que numa oportunidade dessa pode ser mostrado como destaque para o Acre e para o Brasil e o projeto vai ajudar a mostrar esses talentos e também ajudar na economia com o recurso direto na mão do artista para valorizar sua arte”, finaliza.

Programação do projeto

Dias 08 e 09 de outubro serão realizadas as atividades de dança, música e teatro, no Teatro dos Náuas com a limitação de 250 lugares disponíveis.

Dias 16 e 17 será realizada a feirinha cultural e de comidas típicas no Centro Cultural Cordélia Lima.

Dia 14 apresentações de cultura popular, capoeira e marujada no Ginásio Coberto Jader Machado.

A empresária Maria José, proprietária da Academia Juruá Ritmos e Dança, parabeniza o professor Charles André pela iniciativa do projeto num momento que os produtores culturais e artistas ainda estão se sentindo limitados devido o momento da pandemia.

“Como produtora cultural da dança e da arte estou muito satisfeita pela forma democrática onde todos podem se inscrever para concorrer com oportunidade para todos de participar do edital e estou satisfeita com o formato do edital e vamos com certeza contribuir com esse projeto do Charles André”, disse.

Cordolino Mota (Motinha), representante da Fundação Elias Mansour de Cultura, avalia como de muita qualidade o projeto do professor Charles André que tem grande envergadura e será realizado em três etapas por conta da pandemia para atender os fazedores de cultura de Cruzeiro do Sul.

“A Fundação Elias Mansour tem o objetivo de apoiar o setor cultural e colocamos as instalações a disposição dos fazedores de cultura que voltam as atividades com todos os cuidados sanitários, mesmo com as pessoas tendo tomado as duas doses da vacina, mas vamos evitar aglomeração e exigir o uso de máscara”, disse.

Motinha destaca que as instalações do Teatro dos Náuas e dos prédios esportivos e culturais estão a disposição da comunidade, inclusive o Centro Cultural Cordélia Lima que vai abrigar as feirinha e também que o teatro ganhou novos espaços – museu, auditórios pequenos e grandes e salas para música.

“É preciso reconhecer a atenção do governador Gladson Cameli com o setor cultura. Agora com a bandeira verde 80% da lotação pode ser ocupada e as melhorias continuam com a reforma do Memorial José Augusto e o Teatro José de Alencar que vão contribuir ainda mais com a cultura e o turismo”, disse.

O secretário Municipal de Cultura, Aldemir Maciel, prestigiou o lançamento do projeto do professor Charles Andres que vai investir R$ 40 mil no setor cultural com recursos da Lei Aldir Blanc que garantiu um importante apoio aos fazedores de cultura neste período de pandemia da Covid-19.

“A Prefeitura de Cruzeiro do Sul está sempre a disposição através da Secretaria de Cultura e temos que parabenizar o produtor Charles André pela iniciativa e vamos apoiar integralmente. Apesar da pandemia o setor não parou, é a primeira classe que parou e agora está voltando a fazer os eventos como muita segurança”, disse.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas