Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Projeto Cidadão é indicado por procurador da Prefeitura de Cruzeiro do Sul para acontecer no Projeto Santa Luzia

Desembargadora Eva Evangelista realizou reuniões de trabalho tratando de aprimoramento de fluxo e agenda das próximas edições do projeto

_________________Publicidade_________________

A decana da Corte acreana, desembargadora Eva Evangelista, realizou reuniões de trabalho na manhã desta última terça, 19, em seu gabinete, na sede do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), para discutir aprimoramento na logística e agendamento de próximas edições do Projeto Cidadão.

O delegado-Geral da Polícia Civil, Josemar Portes, atendeu o convite da coordenadora do Projeto Cidadão para tratar sobre o aperfeiçoamento da logística referente à emissão das carteiras de Registro Geral (RG), primeiras e segundas vias.

O delegado destacou a o impacto social e a importância do projeto, bem como reforçou a parceria entre as instituições. “Estamos aqui nas tratativas, para cuidar da logística necessária para emissão dos RGs à população socialmente vulnerável, para que tudo saia da melhor forma possível, tanto no Projeto Cidadão em Assis Brasil como nas demais edições. No que diz respeito a Polícia Civil, a desembargadora pode contar conosco como instituição parceira”, concluiu.

Em seguida, a desembargadora recebeu o procurador de Cruzeiro do Sul, Raphael Sanson, acompanhado do controlador-geral do município, Matheus Lima. O objetivo da visita foi convidar e propôr uma edição do Projeto Cidadão na Vila Santa Luzia, localizada na zona rural. Segundo o procurador, há uma demanda na emissão de documentos e outros serviços. “O município já teve uma edição há alguns anos, mas verificamos a necessidade em fazer uma nova edição, em parceria com a OAB, Ministério Público e outros, e trazer esses serviços para uma área que tem muita dificuldade de logística, transporte, enfim, possibilitar cidadania, dar efetividade no Projeto Cidadão em nossa região”, finalizou.

A desembargadora Eva Evangelista exaltou as parcerias e falou da relevância do projeto. “Depois de um período tão grande de isolamento causado pela pandemia, esse projeto tão grandioso que conta com a cooperação de instituições parceiras, volta para que possamos realizar uma atividade tão indispensável à população”.

O próximo município a ser contemplado com o Projeto Cidadão é Assis Brasil, nos dias 5 e 6 de novembro.

Por TJAC

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas