Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Professora Ruth Bernardino de Cruzeiro do Sul e Socorro Neri de Rio Branco tem nomes avaliados para a Secretaria de Educação

_________________Publicidade_________________

Mauro Sérgio Cruz está com os dias contados na Educação do Estado. O professor está de férias no Recife (PE). Foi cuidar do pai de 78 anos que havia contraído covid-19. Mauro Sérgio se afastou temporariamente do cargo de secretário de Educação no dia 18 de março passado, seis dias após a deflagração da Operação Pratos Limpos, da Polícia Civil, que prendeu preventivamente seis pessoas acusadas de fraude em licitação na compra de cestas básicas destinadas a estudantes da rede estadual de ensino. Mas as férias do professor já estavam agendadas antes mesmo do escândalo na Educação. A diretora Financeira da SEE, Andreya Oliveira, comanda a pasta temporariamente.

No Palácio Rio Branco, dois nomes surgem para substituir Mauro Sérgio: o da atual coordenadora da Educação do Estado em Cruzeiro do Sul, professora Ruth Bernardino, pessoa de confiança do governador Gladson Cameli; e a ex-prefeita de Rio Branco, Socorro Neri.

Assessores do governo informaram ao Blog da Hora, do Notícias da Hora, que o governador ainda deve conversar com ambas. Cameli vê Mauro em meio a um enorme desgaste e acredita que para ele seria melhor deixar o cargo. Sobre a possível ida de Socorro para o setor, o impedimento seria uma eventual candidatura dela nas eleições no próximo ano. É que Gladson quer contar com uma pessoa na Educação com dedicação integral até o fim de 2022, por isso ele pensa na professora Ruth Bernardino como secretária.

A ideia, também, é colocar como secretário adjunto no setor uma pessoa com perfil técnico.

Governador pensa trocar comando da Saúde

A Secretaria de Saúde também deve passar por mudanças em seu comando. O cirurgião dentista Alysson Bestene, amigo de Gladson Cameli, deve ser substituído. O chefe do Palácio Rio Branco avalia nomes. O do médico Osvaldo Leal, atual diretor do Into, chegou a ser ventilado.

Pessoa próxima ao governador, Alysson Bestene vai permanecer no governo. Ele tem dito que se mantém fiel ao projeto encabeçado por Cameli.

Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas