Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Professor da Ufac é escolhido como pré-candidato ao Governo do Acre pelo Psol

_________________Publicidade_________________

Governo

O Partido Socialismo e Liberdade, Psol, deu mais um passo em direção às eleições do ano que vem. A sigla, que já apresentou o nome do advogado Sanderson Moura como pré-candidato ao Senado, também decidiu pelo nome que concorrerá ao Governo: o sociólogo e professor universitário Nilson Euclides.

Trajetória

Nilson é professor da Ufac desde de 2002, mas foi em 2010 que se tornou docente efetivo da instituição de ensino. Graduado em ciências sociais pela própria Ufac, Euclides é mestre e doutor em ciências políticas pela PUC, de São Paulo. O professor também atuou como consultor do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), do Ministério da Justiça.

Primeira vez

O professor revelou à coluna que nunca foi filiado a nenhum partido, mas diante da situação que o país tem atravessado, sentiu a necessidade de atuar na política não somente como pesquisador, mas por dentro das estruturas partidárias e de poder. “Me filiei apenas este ano, mas estou muito feliz de estar dentro do Psol. É um partido ainda pequeno no Acre, mas tem muitas chances de crescer. O meu envolvimento com a política sempre foi por meio da pesquisa, mas o momento que o Brasil vive me empurrou para a vida político partidária. Porém, sem abandonar a pesquisa e a docência, que isso não vou fazer jamais”, disse.

Esperança

Questionado sobre o que pretende fazer pelo Estado caso seja eleito, disse: “Tenho muito esperança que a gente consiga se mostrar como uma alternativa de poder, uma alternativa de gestão qualificada, para levar o Acre para o século XXI em todas as áreas”.

Sob nova direção

O Partido Liberal, PL, terá um novo comando estadual a partir da próxima segunda-feira (20). Além da renovação da direção, o PL também ganhará uma nova sede, no nº 402 da Av. Ceará, próximo a quarta ponte. A sigla preparou um evento para filiados e simpatizantes, a ser realizada a partir das 17h30 do dia 20, na nova sede. O novo presidente da legenda é o Superintendente do Incra no Acre, Sérgio Bayum.

Convidado

Um dos convidados para o evento do PL é o deputado federal por São Paulo e presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara Federal, Capitão Augusto. A outra convidada especial é a deputada federal pelo Acre, Mara Rocha (PSDB), a mais votada das últimas eleições.

Vai mudar

Insatisfeita no ninho tucano e com um pé fora do partido, esperando apenas a janela partidária para mudar de sigla, a deputada Mara Rocha deve ter como nova casa o PL. A aproximação da parlamentar com os liberais deve levar outro nome de peso pra lá, o seu irmão, o vice-governador Major Rocha, que também não está satisfeito no PSL.

Fusão

A megafusão partidária entre o DEM e o PSL pode beneficiar o deputado federal Alan Rick (DEM) na briga pela vaga ao Senado na chapa de Gladson Cameli (PP). Com uma super estrutura e a maior bancada na Câmara e Senado, além do maior fundo partidário do país, a nova sigla terá grande poder de barganha para bancar seus candidatos no próximo pleito. Como no PSL não há pré-candidato para o Senado, Alan será o único a pleitear a vaga pela nova legenda.

Agenda

Ao lado do governador Gladson Cameli, a deputada federal e pré-candidata ao Senado, Jéssica Sales (MDB), participou na manhã de hoje de uma agenda com líderes comunitários. “Parabenizo o governador pela aproximação e oportunidade dada ao movimento comunitário, que são lideranças que buscam o bem comum da coletividade. Reafirmo, estar junto das pessoas é a melhor maneira de se fazer política, é assim que eu trabalho”, disse.

Coladinhos

De todos os pré-candidatos ao Senado pela base governista, Jéssica Sales é a que tem estado mais junta de Gladson nos últimos dias. Após um período de incertezas, sobre em qual palanque a emedebista subiria, parece que as coisas se resolveram de uma vez por todas entre eles. Parece que o laço sanguíneo, já que eles são primos, pesou para que tudo ficasse bem.

Prorrogou

Prefeita em exercício de Rio Branco, Marfisa Galvão (PSD) prorrogou por mais 60 dias o Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o secretário de Saúde afastado, Frank Lima. O processo, que foi aberto no dia 15 junho, investiga as denúncias do suposto assédio sexual cometido por Lima. Dessa forma, o PAD deve se estender até a segunda metade de novembro.

Via – Contilnet

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas