Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Procurador diz que 80 dos 150 contratos de terceirizadas mantidos com a Educação já apresentaram documentação

Deputados cobraram uma solução efetiva para o problema. O líder do governo chegou a fazer um apelo à PGE para que faça uma força-tarefa e resolva o problema

Em resposta ao deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB), o procurador-geral do Estado, João Paulo Setti, disse que até o final da semana, o governo do estado pretende efetuar o pagamento dos 150 contratos que a gestão mantém com a Educação. Setti disse que 80 contratos já apresentaram a documentação necessária.

“Oitenta já tinha apresentado parte das pendências. Hoje já iam analisar se o cumprimento dessa diligência já é o bastante para realizar o pagamento no decorrer dessa semana. Como eu disse, o Estado precisa da contrapartida das empresas minimamente”, pontuou João Paulo Setti.

O líder do governo, deputado Pedro Longo, pediu uma força-tarefa por parte da Procuradoria Geral do Estado para resolver o problema. Longo disse que este é uma recomendação não apenas dele e do parlamento, mas também é o pensamento do governador Gladson Cameli.

O problema, que chegou a proporções críticas, tem sido uma dor de cabeça para o governador Gladson Cameli e parlamentares que têm sido bombardeados por cobranças dos trabalhadores terceirizados.

Via: Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas