22 de maio de 2022   |   12:11  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Principal navio de guerra russo no Mar Negro pega fogo e é evacuado

_________________Publicidade_________________

O Moskva, principal navio de guerra da Rússia no Mar Morto, foi completamente evacuado nesta quarta-feira (13/4) após um incêndio que provocou a detonação de munição que estava estocada na embarcação.

As informações são das autoridades russas, que não disseram, porém, qual foi a causa do incêndio.

Mais cedo, nesta quarta, as Forças Armadas Ucranianas haviam informado que atingiram o Moskva com um míssil.

A Ria Novosti, agência estatal russa, divulgou que as causas do incêndio estão sendo apuradas, sem citar o suposto ataque ucraniano.

O Moskva (imagem em destaque) é um cruzador de mísseis e uma das estrelas da esquadra de guerra da Rússia. A construção da embarcação terminou em 1982, sendo o projeto ainda fruto dos esforços bélicos da União Soviética, que só foi desfeita em 1989.

Guerra longe do fim

Nesta quarta, o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, demonstrou descrença em relação a um possível cessar-fogo na Ucrânia.

Guterres admitiu que as conversas entre russos e ucranianos não estão avançando. “Não parece possível neste momento”, resumiu, sobre um acordo de paz.

A ONU enviou a Kiev seu representante para Ajuda Humanitária, Martin Griffiths. O objetivo é tentar obter um acordo com os russos.

Antes, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, pediu mais armas, e alertou que a guerra no Leste Europeu pode se tornar um “banho de sangue”.

Por Metrópoles

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS