Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Posto do Agricultor realiza atividades do Agosto Dourado de incentivo à amamentação

_________________Publicidade_________________

O aleitamento materno é uma questão de saúde pública e também um direito humano que precisa ser respeitado e protegido. O chamado Agosto Dourado simboliza a luta pelo incentivo à amamentação, em que a cor se refere ao padrão ouro de qualidade do leite materno.


De fato, é preciso a mobilização de toda a sociedade para incentivar e garantir o direito à amamentação, de modo a proporcionar as condições para que as mulheres possam amamentar pelo tempo necessário. A recomendação da OMS – Organização Mundial de Saúde é que o leite materno seja a única fonte de alimento durante os primeiros seis meses do bebê. A indicação é que a criança permaneça com a amamentação até os dois anos.


Em 2021, o Agosto Dourado traz a seguinte temática: “Proteger a amamentação: uma responsabilidade compartilhada”.
Aderindo a esta causa, a UBS Francisco Souza dos Santos (Posto do Agricultor) está realizando diversas atividades que integram a programação do Agosto Dourado.
Na manhã desta quarta-feira, 11, no Dia D de incentivo ao aleitamento materno, foram convidadas as mães da comunidade que ainda amamentam, para juntamente com a equipe multiprofissional serem intensificadas as ações educativas de apoio, proteção e promoção ao aleitamento materno, como palestras, orientações nutricionais, oficina virtual de massagem indiana Shantala, premiações e um café da manhã.


Segundo Maria Sulenir Ferreira de Oliveira, Enfermeira Mestra em Ciências da Saúde, a campanha tem como objetivo fortalecer quatro pilares. “O de informar as pessoas sobre a importância de proteger a amamentação; apoiar a amamentação como uma responsabilidade vital de saúde pública; se articular com indivíduos e organizações para maior impacto; e potencializar ações para proteger o aleitamento materno para melhorar a saúde coletiva. Aquelas mães que apresentam dificuldade, que sentem dor no ato de amamentar, se o bebê não está conseguindo realizar uma boa pega ou não está aumentando satisfatoriamente o seu peso devem procurar apoio com os profissionais de saúde”, reforçou.

Vídeo:

Juruá Online

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas