Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Por falta de provas, Justiça Eleitoral manda arquivar processo que pedia a cassação de Prefeita de Tarauacá

_________________Publicidade_________________

Via-Notícias da Hora

O juiz eleitoral, Guilherme Aparecido do Nascimento, da 5ª Zona Eleitoral, mandou arquivar o processo que pedia a cassação da chapa que elegeu a prefeita de Tarauacá Maria Lucinéia (PDT) e o vice dela, Raimundo Maranguape. O magistrado alegou falta de provas.

Além de pedir o arquivamento, Guilherme Aparecido julgou improcedente todos os pedidos de cassação feitos pelos opositores de Néia e Maranguape.

“Ainda no que se refere às provas, diferentemente do que os autores afirmam em alegações, entendo que, na seara eleitoral, o fato alegado pelos requerentes devem sempre ser devidamente provados”, lembrou o juiz eleitoral.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas