Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Ponte do Madeira: sem balsas, seca não é mais problema para motoristas

_________________Publicidade_________________

Inaugurada em 7 de maio deste ano, a ponte do rio Madeira resultou em inúmeros benefícios para quem mora na região da Ponta do Abunã, em Rondônia, e para o Acre.

Agora que a travessia é feita pela ponte, pouca gente deve lembrar, mas na época das balsas, sobretudo nos meses de julho e agosto, atravessar o rio Madeira era um enorme desafio por causa da seca na região.

As embarcações encalhavam por conta dos bancos de areia e a travessia era demorada. Há inúmeros registros de filas de veículos e motoristas que ficavam o dia todo à espera de uma balsa para continuar a viagem.

WhatsApp_Image_2021-08-30_at_14.58.30-2.jpeg

Ano passado, último verão em que as balsas operaram no rio Madeira na Ponta do Abunã, condutores de carros, ônibus e carretas sofreram no trecho.

Hoje, porém, o tempo de viagem de ônibus entre Rio Branco e Porto Velho, que antes da ponte era de oito horas, diminuiu em pelo menos uma hora e meia após a inauguração da ponte e o fim da travessia pela balsa.

Via-Notícias da Hora

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram
Redação Juruá Online

Redação Juruá Online

Notícias Relacionadas