24 de maio de 2022   |   10:00  |  

booked.net

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

Policiais Militares do Acre recebem treinamento de Moto Patrulhamento

_________________Publicidade_________________

Exercer a atividade policial em cima de uma motocicleta requer treinamento contínuo e habilidades diferenciadas. Com tal intuito, a Polícia Militar do Acre (PMAC), por meio do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO), ofereceu aos militares do 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM) um treinamento de Moto Patrulhamento. A capacitação ocorreu em dois dias, com atividades teóricas e práticas realizadas na Arena Race, em Rio Branco.

Os profissionais escolhidos para realizarem o treinamento são os que exercem diariamente o serviço de Rádio Patrulhamento em Motocicletas (RPM) na área de atuação do 1º Batalhão, uma atividade que tem como diferencial a maior agilidade no atendimento de ocorrências geradas via Centro de Operações Policial Militar (COPOM) ou em patrulhamento em regiões que as viaturas tradicionais não conseguem acesso.

O Sargento Elsson Constâncio foi um dos 13 profissionais a participarem da capacitação. Para ele, que já tem uma vasta experiência na atuação policial, o treinamento continuado é fundamental para o melhor desempenho do trabalho. “O treinamento auxilia no apoio as viaturas, em casos de emergência nos deslocamentos reduzindo os riscos a comunidade e a nós policiais também”, destacou o militar que atuou cerca de 12 anos no GIRO.

As técnicas de abordagem foi uma das instruções ofertadas aos militares. Foto: cedida

Um dos instrutores da capacitação, o 1º tenente Kleyton Nunes, formado no Curso de Moto Patrulhamento Tático da Polícia Militar do Ceará (PMCE), enfatizou a importância do treinamento ao policial. “O aperfeiçoamento do policial militar traz uma segurança também para sociedade, na medida em que o emprego da motocicleta melhora a segurança pública, pois a motocicleta tem a característica de conseguir, em pouco espaço, transitar em lugares de difícil acesso e consequentemente ela abrange uma área maior de atuação”, disse.

O tenente Furtado Passos, chefe da Seção de Instruções e Operações do 1º Batalhão, agradeceu aos militares instrutores – tenente Kleyton Nunes, sargento Josicley Souza, cabo Juarez Yaran, soldada Vanessa Almeida e soldado Alexandre Oliveira – por se disporem a repassar seus conhecimentos. “Treinamento é de suma importância. Por ser um patrulhamento em motocicletas de alta cilindrada, então toda técnica para reduzir os riscos é válida, tendo em vista que esse tipo serviço é arriscado, e os militares precisam estar capacitados para exerce tal função”, relatou o oficial.

Treze policiais militares participaram do treinamento. Foto: cedida

A capacitação de 20 horas contou com técnicas de frenagem, para que o policial tenha maior segurança na hora de frear nas curvas, além de técnicas de baixa e alta velocidade, desviando de possíveis obstáculos, maneabilidade e abordagem policial. O treinamento contou também com a prática em ambientes on-road – asfalto e off-road – que seria fora da estrada, em solo de terra ou ambientes acidentados.

Com informações da Agência de Notícias do AC.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on telegram

LEIA MAIS